segunda-feira, 24 de março de 2014

MÍRIAM LEITÃO VAI GOSTAR DESSA !


Agência de RISCO faz o jogo da agiotagem e sem base na realidade rebaixa nota do Brasil, que ainda assim continua classificado como GRAU DE INVESTIMENTO.

Standard & Poor's reduz nota para economia brasileira
24/03/2014 19h44 - 
Brasília
Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil Edição: Juliana Andrade

A agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P) diminuiu a nota para a economia brasileira. Em relatório divulgado no fim da tarde de hoje (24), a agência reduziu, de BBB para BBB-, a nota soberana do país com perspectiva neutra, o que indica que a classificação não será rebaixada nos próximos meses.

Em comunicado, a agência informou que a dívida geral do governo brasileiro – indicador usado em comparações internacionais – é alta e que o crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) é baixo, devendo ficar em 1,8% em 2014 e 2% em 2015. Segundo a S&P, o governo dá sinais mistos em relação aos gastos em ano de eleição e existe pouca confiança no ambiente de negócios que se reflete em perspectivas mornas para os investimentos do setor privado. Além disso, o endividamento maior da população deve fazer o consumo crescer menos.

Em junho do ano passado, a agência de classificação tinha indicado que poderia cortar a nota do Brasil por causa do baixo crescimento da economia e da redução do esforço fiscal. Apesar do rebaixamento, o país ainda está na categoria de grau de investimento, que indica baixa probabilidade de calote na dívida pública.

A classificação de risco por agências estrangeiras representa uma medida de confiança dos investidores internacionais na economia de determinado país. As notas servem como referência para os juros dos títulos públicos, que representam o custo para o governo pegar dinheiro emprestado dos investidores. O Ministério da Fazenda ainda não se manifestou sobre o rebaixamento.

As agências de classificação de risco fornecem notas que servem de parâmetro para a credibilidade de governos e empresas no mercado financeiro. Essas agências, no entanto, foram criticadas em 2008 por terem dado notas altas para as operações de venda de créditos imobiliários nos Estados Unidos que entraram em colapso e desencadearam uma crise econômica global. Em fevereiro do ano passado, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos abriu investigação contra a Standard & Poor's por suspeita de fraude na classificação de produtos hipotecários.

7 comentários:

José Antônio disse...


Bond,

Essas agências, antes de darem notas aos outros, precisam recuperar a credibilidade perdida.

E essa credibilidade anda mais suja do que pau de galinheiro desde 2008.

BONDeblog S. O. disse...

José

Repare o finalzinho da matéria, em vermelho.

Essa agências não são de classificação de risco, elas são o PRÓPRIO RISCO.

José Antônio disse...

Perfeito, Bond.

Eu não tinha lido o finalzinho da matéria.

Além de já terem se mostrado sem credibilidade, estão sendo investigadas por suspeitas de fraude!!

Suspeitas? É o caso típico de conflito de interesses.


H.P. disse...

ESSA EXCOMUNGADA, SALAFRÁRIA, CAIDA, QUE SÓ O DIABO QUER, FAZ ESSA SUJEIRA, de tentar DESTRUIR O BRASIL, TODOS OS DIAS. Anos e anos a fio, ela e seus/suas "amigos"(as) da DESGRAÇADA E MALDITA GLOBO fazem sempre tudo igual. E os BOÇALIZADOS COXINHAS DESPOLITIZADOS engolem como se verdade fosse.

PAPA FRANCISCO EXCOMUNGA TODOS ESSES SERES DAS TREVAS. Eles são a doença. Precisa fechar/lacrar, definitivamente, os PORTÕES DO INFERNO E DEIXA-LOS LÁ DENTRO.

Está lá nos "amigosdopresidentelula".

"A Globo esconde e a gente mostra: O vídeo do Papa Francisco "excomungando" o jornalismo mentiroso...".

H.P. disse...

VEJAM A EXCOMUNGADA, MIRIAM LEITÃO, EM AÇÃO:

"..Para Luís Erlanger, que levou Míriam para a TV Globo, ela é a jornalista mais completa do país. Para o comentarista econômico Carlos Alberto Sardenberg, ela "nunca se contentou com as explicações oficiais. No entanto, algumas de suas análises se mostraram desastrosas. Se fiando nas análises de Miriam Leitão sobre o câmbio, Roberto Marinho fez uma enorme dívida em moeda estrangeira. Em 1999(GOVERNO PSDB/FHC - nosso), com a expressiva desvalorização do real, as dívidas da Rede Globo explodiram e quase a colocou na bancarrota. Foi necessário o dinheiro público do BNDES para manter suas atividades(tirar a GLOBO da mais pura FALÊNCIA - nosso)...".

José Antônio disse...


Mais sobre a marcha dos fascistas:

https://www.youtube.com/watch?annotation_id=channel%3A523943ab-0-26f4-9149-1a11c2d408&feature=iv&src_vid=a5R_Vk-BDxk&v=Fc4VETOZBlQ

Para quem duvidava é bom conhecer.

Anônimo disse...

É uma falta de respeito até para com os manifestantes da "Marcha com a Put.., melhor, Família.

Aécio Neves escreve, na folha de são paulo, para cada um desses manifestantes:

JÁ DEU?

Que falta de respeito!

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS