quinta-feira, 27 de março de 2014

IBOPE FATIA DIVULGAÇÃO DE PESQUISA GERANDO NOTICIÁRIO DESFAVORÁVEL PARA O GOVERNO DILMA ROUSSEFF

VERGONHA !
Quado pensamos que já se assistiu tudo em termos de manipulação de informação e jogadas tendenciosas por parte de Institutos de Pesquisa, surge essa de agora. Uma mesma PESQUISA do Instituto foi divulgada em dois tempos. No dia 20 de março saiu  a parte da pesquisa de intenção de votos, e hoje a parte da popularidade do governo. 

Tudo em uma única divulgação deixaria a certeza de que apesar de uma queda da popularidade de Dilma e seu modo de governar, ela ainda é a preferida com folga pelo eleitorado. Em separado, fica agora a oportunidade da oposição e da MÍDIA GOLPISTA explorarem apenas o lado que lhes interessa. No dia 20 de março, o Jornal Nacional NÃO divulgou a pesquisa IBOPE, alguém tem dúvida de que hoje ele vai juntar o noticiário da CPI da Petrobras com esse "rabo" da pesquisa ?

Fica explicado ainda a REAÇÃO do mercado e a expectativa do dia 20/03, quando se disse que uma pesquisa com dados ruins para o governo seria divulgada. Ou seja, o MERCADO já sabia do interior teor da Pesquisa antes do resto do Brasil. O IBOPE/CNI vazou primeiro para o mercado o resultado da PESQUISA, mas, na última hora, resolveram só divulgar metade.

Resta agora saber quem foi que URDIU o FATIAMENTO da Pesquisa para poder, minimizar a parte positiva e TURBINAR a parte NEGATIVA ao governo. Fica aí, EVIDENTE, o quanto os meios de comunicação, os "mercados'' e provavelmente IBOPE e CNI estão articulados para criar um clima desfavorável ao governo.

LEIA AQUI O QUE SAIU NO BLOG DOS AMIGOS DO PRESIDENTE LULA

quinta-feira, 27 de março de 2014


Manipulação à vista com a pesquisa do Ibope. Mesmo que não se trate de manipulação estatística, houve uma manipulação na forma de usar a informação.

A pesquisa Ibope sobre popularidade de Dilma divulgada só hoje (27) é a mesma da divulgada exatamente há uma semana atrás, dia 20, quando publicaram apenas as intenções de votos.

A mesma amostra, os mesmos 2002 entrevistados, os mesmos 141 municípios, e a mesma data de ida a campo (entre 13 e 17 de março).

A diferença é que os relatórios foram separados. No dia 20 divulgaram a parte de intenções de votos, onde Dilma não perdeu nenhum voto, Aécio continuou empacado (oscilou 1 ponto apenas), e Eduardo Campos caiu, chegando a situação de empate técnico com o Pastor Everaldo (PSC).

A outra parte do relatório é este que foi divulgado hoje pela CNI (Confederação da Indústria) sobre popularidade da presidenta Dilma e de seu governo.

Agora fica a pergunta: porque sete dias separam a divulgação de um relatório e outro da mesma pesquisa?

Deixe eu testar uma hipótese com uma conversa imaginária:

- Aécio, Campos e Dr. Marinho, tenho notícias boas e ruins da pesquisa para vocês. Qual vocês querem primeiro? - disse Montenegro.

- As ruins primeiro, - disse Aécio. E virou-se para o Dr. Marinho: - Mas por favor dá um jeito de só sair no Jornal Nacional a "boa" e na semana que vem, quando a "ruim" dessa semana já estiver esquecida.

- Concordo! Mas Dr. Marinho, a "boa" tem que dar um jeito de sair na quinta-feira, dia 27, no Jornal Nacional, engatado na minha propaganda partidária na TV - disse Campos.

Vocês acham que eu estou delirando, ou alguma coisa parecida com essa parábola aí em cima pode ter acontecido?

Por: Zé Augusto


9 comentários:

H.P. disse...

Já foi falado, refalado e não adianta, A DIREITA É SEMPRE A MESMA FARSA. A MESMA MENTIRA E O MESMO CONTORCIONISMO. Eles não se emendam.

Duas perguntas pertinentes:

a) GLOBO, JÁ PAGOU A RECEITA? Mostra o DARF;

b) IBOPE, VOCÊS SÃO UM INSTITUTO DE CREDIBILIDADE? Mostra uma AUDITORIA EXTERNA, de como vocês fazem essas "medições" e "pesquisas"!

Anônimo disse...

Estudantes e Trabalhadores pedem CPI dos trens e metrô dos TucÂnus. 20 anos de phoder em SP e NENHUMA CPI!!! PIG AJUDA A TUCANALHA!
http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/03/estudantes-pedem-cpi-metro-e-fora-alckmin.html

José Antônio disse...

É, Bond, eu acabei de ler no "Amigos do Presidente Lula" e ia trazer para cá a novidade.

Mas o amigo chegou na frente... héhé..

Sempre alerta, o companheiro Bond.

H.P. disse...

A Presidente Dilma além de:
- cercada de puxa-sacos descartáveis;
- Além de sua pífia comunicação com os Brasileiros todos;
- Além de sua omissão/controle remoto perante a direita midiática;
- Além de seus "segredos" sobre as obras e os avanços de seu próprio governo;
- E além de outras coisas,

Tem que enfrentar o MACHISMO REINANTE na oposição. Pra eles "sabe cumé né? Mulher é Mulher e é a "rainha dó lar".
Pra todos os outros "além de..", tem correção a se fazer. Já para o MACHISMO OPOSICIONISTA, não tem como fazer nada. SÓ O ENFRENTAMENTO MESMO.

LRM disse...

O Blog "amigos do presidente Lula", mais conhecido como BLOG DOS INIMIGOS DO BRASIL, tinha que inventar uma desculpa, por mais esfarrapada que fosse, para explicar a queda da popularidade da gerentona. Tudo sempre recai numa suposta mídia "golpista", que na verdade é a mídia que não se vendeu ao PT.

Imaginem a raiva desses petistas: têm a chave do Banco Central, a chave do BNDES, a famosa caneta presidencial e não conseguem comprar uma parte da mídia. Daí surgem as tentações autoritárias, típicas das ditaduras, que pedem "controle da mídia". Entenderam porque o objetivo final do PT é consolidar uma ditadura, já iniciada?

José Antônio disse...


Que a pesquisa é a mesma, não há dúvidas.

Aliás esta última foi concluída algumas horas antes que a primeira. Daí os vazamentos que surgiram na semana passada dizendo que Dilma tinha caído nas pesquisas e que fez, segundo a mídia, os incautos a investirem mais na bolsa.

Surpreendentemente, esta pesquisa foi omitida e saiu aquela sobre as intenções de votos, deixando todo o mundo perplexo com, a pesquisa que mantinha inalterado o quadro eleitoral, logo após aqueles vazamento citados acima.

Hoje vem a explicação. Esta pesquisa "de hoje" é aquela da semana passada que vazo, mas não foi publicada.

Assim, tem-se a impressão de que houve uma queda violenta entre a semana passada e hoje.

e, mais uma vez, segundo nos querem fazer crer, os incautos dos investidores foram às compras na bolsa, em virtude dessa "nova" notícia.

Ou seja. há dois golpes aqui:

1. Procura-se vincular subida na bolsa com queda de popularidade da presidenta.
2. Procura-se ganhar muito dinheiro na bolsa, manipulando as informações.

Caro amigo, Bond: follow the money e iremos descobrir quem é o responsável pelos 2 golpes gêmeos.


José Antônio disse...

vazou

H.P. disse...

Seus Três Marinhos, respondam uma pergunta aqui pros leigos:

- Vocês NÃO SÃO DONOS DA GLOBO, isso é certo. O "espaço" que vocês ocupam é de todo o povo brasileiro pois é uma concessão pública. Até ai tudo "certo". Mas vocês, OBRIGATORIAMENTE, tinham que mostrar o julgamento do "amigo" de vocês o Azeredo do PSDB. O julgamento de seu "amigo" do PSDB, o Azeredo pois estava antecipadamente na pauta do STF. Todos e vocês também sabiam, e ai? Por que não mostraram? Inclusive convidando aqueles PARASITAS, erro de digitação, melhor, especialistas adevogados que vociferaram aquelas pérolas nauseabundas no julgamento dos "mensaleiros". Qual foi o motivo de vocês, seus Tr^s Marinhos, não transmitirem?
Ministério público CADÊ VOCÊS?
TSE, CADÊ VOCES?
TODA A "JUSTIÇA", VOCÊS ESTÃO LÁ NO VÔO MH 370?
A "justiça" brasileira É UMA PIADA BRANCA, RICA E DE UM GOSTO INTRAGÁVEL!

BONDeblog S. O. disse...

Bom Dia a todos.

Senhora Lucia, DESCULPA ESFARRAPADA é o que a senhora apresenta em seu comentário.

A senhora foge de enfrentar os fatos.

A PESQUISA FOI FATIADA. As pesquisas não são fatiadas nunca, elas apresentam todos os campos pesquisados. No máximo, algumas horas depois eles publicam alguns complementos.

A senhora, para defender seus interesses políticos-eleitoreiros está negando um fato evidente.

A PESQUISA FOI FATIADA e isso distorceu a forma de interpretação.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS