segunda-feira, 17 de março de 2014

GOVERNO DILMA DÁ DURA RESPOSTA AOS PESSIMISTAS

É A ECONOMIA E O EMPREGO, SEUS ESTÚPIDOS !


Brasil gerou 260 mil empregos formais em fevereiro
17/03/2014 
Brasília
Luciano Nascimento - Repórter da Agência Brasil Edição: Stênio Ribeiro

Em fevereiro, foram gerados 260.831 empregos formais no país, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado hoje (17) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Foram 1.989.181 admissões, frente a 1.728.358 desligamentos.

O número de empregos formais em fevereiro mais que dobrou em relação aos 123.446 empregos registrados no mesmo mês de 2013, e foi maior do que os 150.600 de fevereiro de 2012, mas ficou aquém dos 280.799 postos líquidos de trabalho contabilizados em fevereiro de 2011.

Segundo o MTE, o emprego formal cresceu 0,64%,em relação ao estoque de janeiro. De janeiro de 2011, início do governo da presidenta Dilma Rousseff, a fevereiro de 2014 o Caged soma 4.792.529 postos de trabalho, dos quais 1.157.709 nos últimos 12 meses. O resultado representa aumento de 10,88% sobre o estoque de empregos no final de 2010.

Todos o setores apresentaram melhor comportamento frente a fevereiro de 2013. Em números absolutos, os destaques foram para os setores de serviços, com 143.345 postos - saldo recorde para o período -, indústria de transformação (51.951 postos), construção civil (25.055 postos) e comércio (19.330 vagas).

No setor de serviços, os segmentos que mais geraram empregos foram: ensino (48.813) - crescimento de 3,18% no mês -, alojamento e alimentação (36.337), transportes e comunicações (13.333) e serviços méeicos e odontológicos (8.704).

Na indústria de transformação, o Caged mostra expansão em 11 dos 12 segmentos que integram o setor. A indústria química registrou saldo recorde para o mês, com 7.172 postos de trabalho, um aumento de 0,74%. Já a indústria da borracha registrou o melhor resultado para o mês, nos últimos quatro anos, com geração de 6.636 empregos, aumento de 1,88%, seguida pela indústria têxtil (6.214 empregos e amento de 0,60% - segundo maior saldo para o mês.

A indústria de produtos alimentícios registrou o terceiro maior saldo para o mês, com 12.587 postos líquidos de trabalho - aumento de 0.65%, juntamente com a indústria de calçados (7.271 postos (+2,13%). A indústria de material de transporte foi o único ramo industrial que não cresceu. Ao contrário, teve redução de 44 postos de trabalho.

4 comentários:

LRM disse...

E o pibinho ó............

BONDeblog S. O. disse...

O PIBINHO é o 3o. melhor entre os 10 mais desenvolvidos.

E o Brasil está entre os 10 melhores PIBs de 2013 entre todos os países do Planeta.

Pibinho ? Pibinho ? Empregos a parte

H.P. disse...

GOVERNOS QUE DEFENDEM SUA CONSTITUIÇÃO, DEFENDEM SEU POVO. SÃO GOVERNOS FORTES, FORTÍSSIMOS E TEM O RESPEITO DE TODOS. JAMAIS FICAM A MERCE DE DIREITISTAS MENTIROSOS, APÁTRIDAS, CANALHAS, PROSTITUTOS(AS) SEM VERGONHAS QUE TENTAM, DE TODAS AS FORMAS PODRES, ACHAREM NOTÍCIAS NEGATIVAS, totalmente inexistentes, MAS QUE SERVEM A SEUS PROPÓSITOS INCONFESSÁVEIS.

RUSSIA, UM EXEMPLO PARA O MUNDO!

"...Palavras que soam como uma advertência suave, como quem quisesse relembrar às demais potências, a mensagem final de Serguei Prokofiev, na sua grandiosa ópera Guerra e Paz : o “espírito russo é eterno”, e ressurgirá sempre de novo, e com mais força, toda vez que o seu sagrado território for invadido, ou que o povo russo for humilhado, como aconteceu várias vezes, na história, e voltou a acontecer, no final do século XX.

[1] Financial Times, Rússia, Special Report, 18 de abril de 2008, p:3


(*) Artigo publicado originalmente na Carta Maior em maio de 2008."

José Antônio disse...

9 entre 10 mulheres afirmam que tamanho não é documento!!

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS