quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

TV BANDEIRANTES PODE SER RESPONSABILIZADA PELA MORTE DO CINEGRAFISTA SANTIAGO ANDRADE

NOSSA VISÃO DE QUE A EMISSORA FALHOU NA OBRIGATORIEDADE DE FORNECER EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA, ENFIM ENCONTRA ECO.


Nós tocamos nesse ponto por diversas vezes. Insistimos que não tinha cabimento deixar de mostrar a falha da emissora TV BANDEIRANTES, empresa em que o Cinegrafista trabalhava. É obrigação do empregador fornecer e cobrar o uso dos equipamentos de segurança necessários para a função / tarefa exercida. Felizmente, a família e o Sindicato dos Jornalistas vão tomar as providências no sentido de apurar os motivos pelos quais o cinegrafista estava no meio de uma manifestação violenta, sem capacete, colete e sem nenhuma cobertura. Não é uma questão de talvez punir, por punir, a TV BANDEIRANTES, é uma questão de criar uma cultura de prevenção de acidentes, de garantir a máxima segurança  das atividades profissionais.


Velório de cinegrafista no Rio gera comoção e críticas à falta de segurança
13/02/2014 - Rio de Janeiro
Vitor Abdala* - Repórter da Agência Brasil Edição: Lílian Beraldo

O corpo do cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Andrade foi velado na manhã de hoje (13) no Memorial do Carmo, no Caju, zona portuária. No local, ele recebeu as últimas homenagens de parentes, amigos e profissionais da imprensa e do diretor da emissora para a qual trabalhava, antes de ser cremado, em cerimônia reservada à família.

Dezenas de jornalistas compareceram ao velório para noticiar o fato ou se despedir. Muitos usavam uma camisa com os dizeres “Poderia ter sido qualquer um de nós”. O repórter cinematográfico morreu esta semana depois de ser atingido por um rojão disparado durante a cobertura, no último dia 6, de uma manifestação no centro do Rio pelo aumento das passagens de ônibus, que passaram de R$ 2,75 para R$ 3.

A viúva do cinegrafista, Arlita Andrade, lembrou que Santiago amava a profissão. “O sonho dele era ser repórter cinematográfico e ele ficava muito preocupado com a violência. Ele dizia: realmente está muito violento”, declarou, emocionada, antes de fazer um apelo. “Queria pedir para todos: sejam mais amigos, mais tranquilos e tenham mais amor uns pelos outros.”

A repórter da TV Bandeirante Camila Grecco, que participou de várias coberturas jornalísticas ao lado de Santiago, contou que ele sempre se preocupava com a equipe e com a própria segurança. “Se ele soubesse que estava em situação de muito risco, jamais estaria lá”, disse.

A filha de Santiago, Vanessa Andrade, que também é jornalista, aproveitou para exigir segurança aos profissionais da Bandeirantes e disse que a morte do pai não será em vão. “Vou exigir que a Band dê segurança ao seus funcionários não vou deixar essa história morrer”, declarou.Companheiro de trabalho de Santiago por 11 anos, o cinegrafista Sérgio Colonezi também contou que Santiago era cauteloso. “As pessoas dizem que, nós, cinegrafistas, abusamos um pouco do perigo. O Santiago era o contrário, era cauteloso. Quando chegava em local e tinha um tiroteio ou confusão, ele ficava longe, falava 'não estou aqui para tomar pancada de ninguém'”.

O diretor de Jornalismo da TV Bandeirantes, Fernando Mitre, que esteve no memorial, reconheceu que é preciso rever os procedimentos para as coberturas e cobrou investigações sobre crimes cometidos nas manifestações. “Temos que rever tudo isso [cobertura]. Estamos sob impacto dessa emoção profunda, mas é preciso rediscutir tudo. Do jeito que está não é possível.”

O Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio de Janeiro acionou ontem (12) o Ministério Público do Trabalho (MPT) para cobrar uma investigação sobre as más condições de trabalho na TV Bandeirantes no Rio e por submeter funcionários a situações de risco. O cinegrafista Santiago estava sem equipe e sem nenhum equipamento de segurança quando foi atingido pelo rojão.

Todas as demais empresas de comunicação que atuam na cidade também serão notificadas para “cumprir normas básicas de segurança para os trabalhadores”.

* Colaborou Isabela Vieira

3 comentários:

José Antônio disse...


Bond,

É preciso denunciar o editorial do O Globo que classifica a morte do cinegrafista, Santiago Andrade, como um atentado à liberdade de imprensa.

A vítima do lamentável episódio, como escrito em muitas das camisetas, poderia ter sido qualquer um. Santiago Andrade não foi morto por ser cinegrafista.

Seria o mesmo raciocínio se classificássemos o outro episódio lamentável, protagonizado pelos mesmo grupelhos, alguns dias antes em S. Paulo, no qual o fusca do serralheiro Itamar Santos foi incendiado com ele e toda a sua família dentro, como um atentado aos serralheiros.

Com essa classificação, o editorial do Globo, procura se dar mais importância do que realmente possui. Mais ainda, explora a lamentável morte do cinegrafista para tentar passar uma legislação de exceção que sub-repticiamente pretende criminalizar, como ato terrorista, todos os protestos, principalmente os das diversas organizações sociais.

Não é à toa que o rottweiler de plantão, daquela revistinha, já começou a ladrar feito cão hidrófobo, em relação aos cuidados que procuram ser tomados, caso uma nova legislação surja no calor dos acontecimentos sob o suposto clamor popular e que só faz repetir o mata-esfola gritado por ocasião do episódio vergonhoso em que um jovem infrator foi acorrentado nu a um poste.

O ovo da serpente, infelizmente, já foi chocado. Dele saíram inúmeras víboras. Ainda filhotes, mas já provocando estragos que podem ser permanentes em nossa sociedade.

O Globo e todos os demais membros do PIG são igualmente responsáveis por toda esta baderna. Apoiaram os "chamados" protestos,por que viam neles uma oportunidade de desestabilização do governo.

Resta saber qual foi e qual é o papel dos partidos, supostamente de esquerda e de extrema esquerda, que, neste momento, parecem jogar em tabelinha com os pig-tucanos.

Se Chico Alencar do PSOL brada fora PT (a ser confirmado), ele deve ter em mente quem colocar no lugar. Tenho a certeza, pela experiência do Deputado, que ele não espera colocar o PSOL no lugar do PT. Ele sabe que este partido não está com essa bola toda.

Então, ao afastar o PT, ele está fazendo o jogo daqueles que, embora sem votos, têm o poder de assumir um governo com o apoio dos mesmos que apoiaram a ditadura e dos mesmos que apoiaram o governo tucano de destruição do projeto nacional.

Muito cuidado, pois.

BONDeblog S. O. disse...

José

Boa tarde

O amigo tem fornecido vários links e eu não tenho conseguido aproveitar e dar conta. Agradeço a colaboração e prometo que dentro em breve nós estaremos de volta com "pique' para poder abordar tantos assuntos.

A Globo é o que se sabe. OPORTUNISMO PURO !

José Antônio disse...


Héhé.... Bond...

Então, aqui vai mais um link. Desta vez para o belo depoimento de Joana Saragoça, filha de José Dirceu:

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/joana-saragoca-jose-dirceu/

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS