sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

MERVAL PEREIRA - IMORTAL SE FAZ DE MORTO E SAI DE FÉRIAS SEM ENCARAR O FANTASMA DE EDUARDO AZEREDO

Após a renúncia de EDUARDO AZEREDO - PSDB/MG - ao cargo de Deputado Federal, para assim fugir de um julgamento no STF, o colunista/jornalista de O Globo, Merval Pereira, já publicou 8 matérias.

Em nenhuma delas, nem de longe, escreveu uma linha sobre o assunto 'RENÚNCIA DE AZEREDO'.

Há de se convir que, para um jornalista que assina coluna diária, exceto às segundas-feiras, sobre POLÍTICA, é no mínimo intrigante, que  um fato de tal repercussão e com os desdobramentos que possui nas próximas eleições, seja assim IGNORADO, EVITADO, deixado como de menor importância.

O tema corrupção e MENSALÃO, parece que só interessa a MERVAL quando pode ser utilizado para atacar o PT. Quando guarda relação com o PSDB, Merval, o IMORTAL, se faz de MORTO.


2 comentários:

José Antônio disse...


Bond,

Merval Pereira faz parte daquela turma de supostos "analistas políticos" cujas "análises" não valem um tostão furado.

Seus artigos estão mais para os arroubos de um torcedor de futebol do que para uma serena reflexão sobre o momento político atual descrito por um jornalista sério.

Na realidade, todos esses "analistas" fazem parte de uma das torcidas organizadas mais violentas que existem. Conseguem superar os hooligans ingleses e os barra bravas argentinos.

Não chegam a fazer parte dos "gaviões da fiel", mas sim dos "tucanos da Fiesp".

São os "black blocs" contratados por R$ 150,00 e dois sanduíches pelos senhores da Casa Grande.


José Antônio disse...

"Fizeram mal para mim, e eu descontei em alguém"

Não Bond. Embora possa parecer, a frase acima não foi proferida por Sua Excelência a Presidente do STF.

Trata-se da "explicação" do psicopata ou sociopata que empurrou Maria da Conceição de Oliveira, de 27 anos, nos trilhos do metrô paulista no último dia 25.

Em consequência da queda, Maria da Conceição de Oliveira teve um de seus braços amputado.

A íntegra da reportagem da Folha e que segue abaixo, mostra o perigo de se deixarem soltos os diversos "Napoleões de hospício"; vai que cheguem ao cargo de Presidente do Supremo:

"O responsável por empurrar na última terça-feira (25) uma passageira nos trilhos do metrô de São Paulo disse que não queria ter feito o que fez. Ao chegar em São Paulo, Alessandro Souza Xavier, 33, disse ainda que queria se vingar da sociedade. "Fizeram mal para mim, e eu descontei em alguém", afirmou.

"O mundo é da Babilônia. Vocês [imprensa] são sujos, eu não", disse Xavier aos jornalistas assim que chegou ao DHPP (departamento de homicídios), em São Paulo. Ele foi preso em um sítio do padrasto, em Extrema (MG), por volta das 6h de hoje (28). Ele havia sido identificado ontem por familiares e pela polícia por meio das imagens das câmeras do Metrô. No sítio, segundo a polícia, foram achadas as roupas que ele usava no momento que empurrou Maria da Conceição de Oliveira, 27.

Segundo a polícia, Maria da Conceição foi escolhida aleatoriamente pelo agressor enquanto aguardava o trem. Ela segue internada e teve o braço amputado após cair nos trilhos.

De acordo com a polícia, ele confessou o crime e admitiu ter sido responsável por outros dez ataques ocorridos em Minas Gerais. O delegado Osvaldo Nico Gonçalves disse que Xavier admitiu ter atirado pedras de uma passarela em pedestres e carros na rodovia Fernão Dias. Os casos haviam sido registrados como autoria desconhecida.

Além desses casos, segundo o delegado, a polícia tem registro de nove casos de agressão ocorridos em São Paulo – dois deles no metrô. A prisão temporária dele já foi acatada pela Justiça. Ele foi indiciado por tentativa de homicídio.

"Vocês destruíram os valores da família mostrando imagens de prostituição na TV. Vocês são sujos, eu não. Vocês não seguem a Bíblia, eu sigo", disse ainda o agressor à imprensa na porta do DHPP. A polícia diz que pedirá para a Justiça que ele seja internado em um hospital psiquiátrico.

Familiares disseram que ele sofre de esquizofrenia e tem surtos psicóticos com frequência. Ele passa por tratamento há 12 anos. A família disse ainda que não conseguia mais lidar com ele.

O CASO

Testemunhas que estavam na estação Sé, a mais movimentada do metrô, contaram à polícia que o homem empurrou Maria da Conceição de Oliveira, 27, e saiu correndo da plataforma.

Ela, que fez aniversário no mesmo dia, foi internada na Santa Casa. Seu estado de saúde é estável.

O Metrô afirmou que o incidente ocorreu às 7h16 na plataforma sentido Corinthians-Itaquera da linha 3-vermelha. Ao notar que a mulher havia caído, o operador do trem usou o freio e acionou o centro de controle, que desligou a energia do sistema.
"

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS