quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

DEPUTADA CIDINHA CAMPOS ATACA MARCELO FREIXO - 'CAVIAR INTOCÁVEL'


DISCORDO da Deputada Cidinha Campos, visto que os ataques recentes e campanha para associar o nome de Marcelo Freixo aos "lançadores de rojão", não foram nem de longe, questionamentos normais a um homem de  vida pública. 

Discordo ainda da visão de que manifestantes não devam receber assistência jurídica quando presos em manifestação. Já vimos muita armação, muita arbitrariedade da polícia, que já foi até desmascarada forjando um flagrante contra um jovem. Garantir o direito via advogados e impedir agressões de presos é sim um procedimento correto. Isso é muito diferente de apoiar destruição.

Quanto ao que a Deputada afirma no tocante a atos de nepotismo e possíveis servidores fantasmas, é algo que deve ser investigado, e se comprovado aplicada a devida punição. Se o Deputado Marcelo Freixo comete este tipo de erro, deve ser responsabilizado.

No mais, o blog publica o texto da Deputada, primando pela busca da melhor informação e a total liberdade com que assuntos devam circular. Se o que ela afirma não é procedente, que Marcelo Freixo e os demais membros do PSOL rebatam. Nós daremos à resposta, o mesmo destaque.

Cidinha Campos: Freixo, o intocável

Todos os homens públicos não estão sujeitos a ter a sua conduta questionada em algum momento da vida? Mas Marcelo Freixo, enfant-gaté da esquerda caviar, não

Rio - Era previsível a reunião de “desagravo” a Marcelo Freixo. Esquerdistas do Posto 9, humanistas do Leblon e turistas da política em geral gritaram: “Com ele não!!!”. Mas por que não? Todos os homens públicos não estão sujeitos a ter a sua conduta questionada em algum momento da vida? Mas Marcelo Freixo, enfant-gaté da esquerda caviar, não.

Ter dois advogados em seu gabinete, pagos com dinheiro público, trabalhando num instituto que defende black blocs, só seria questionável se o contratante fosse o Bolsonaro. Freixo não! Sem falar nos outros dois advogados na mesma situação exonerados recentemente.

Nepotismo, ainda que cruzado, só é feio quando praticado pelos outros. Freixo não! Sua mulher, Renata Stuart, é funcionária do vereador Renato Cinco (aquele que doou dinheiro para a Sininho), mas já passou pelo gabinete de Eliomar Coelho, todos do Psol. Imagina se fosse o Renan?

Taí um partido generoso com as esposas dos companheiros. A mulher do ex-deputado Milton Temer, Rosane Andrade de Aguiar, que recentemente passou com o marido temporada de três meses em Paris, é empregada no gabinete da liderança do Psol, onde também bate ponto (será?) Cristiane Pena Dutra, esposa do bombeiro Daciolo, aquele que colocou fogo na greve dos bombeiros.

Quando o telhado é do Psol, ninguém pode jogar pedra. O senador Randolfe Rodrigues (AP) — também presente ao “desagravo” a Freixo — foi acusado de receber um mensalinho. Ficou indignado porque saiu no jornal. Mas quando é o Zé Dirceu...

Conheço bem o Freixo. Fui vice-presidente da CPI das Milícias, junto com outros seis companheiros. Eu e minha família fomos ameaçados por Cristiano Girão, hoje preso fora do estado. A imprensa — essa mesma que hoje ele acusa de perseguição — nos ajudou e muito na investigação. Da parte dele, nenhuma palavra de agradecimento.

Estranhei a ausência da deputada Janira Rocha no “desagravo” a Freixo. Depois do escândalo em que meteu, não convinha mesmo dar as caras. No “desagravo”, também não vi manifestações de solidariedade à família de Santiago Andrade. No Facebook do deputado, tem uma declaração formal: “Sinto muito. Minha mulher trabalhou com ele.” E se fosse um policial a ter a cabeça estourada? Ele se solidarizaria? Ou policial só é legal na sua segurança pessoal?

O deputado tem um jeito muito particular de lidar com a democracia e a liberdade de imprensa. Para Marcelo Freixo, a mídia só é boa quando ele é a fonte ou a estrela. 

Deputada estadual pelo PDT

4 comentários:

LRM disse...

"Todos os homens públicos não estão sujeitos a ter a sua conduta questionada em algum momento da vida? Mas Marcelo Freixo, enfant-gaté da esquerda caviar, não"
************************
Veja que coincidência, Sr. Bond. Estou lendo neste momento o livro "Esquerda Caviar" do Rodrigo Constantino, exatamente na página que fala da infantilidade dos esquerdistas caviar, página 82. O Freixo se insere perfeitamente nas descrições.
O Livro é ótimo, tá todo mundo lendo, principalmente os esquerdinhas caviar, para verem como são descritos no livro. Ninguém fica a salvo: políticos, intelectuais e artistas nacionais e internacionais. Esse Rodrigo Constantino vai longe....

H.P. disse...

Ao Sr. Bond, impecável. Nada a acrescentar nem retirar, ao meu modo de ver.
Abraço.

Anônimo disse...

Eu me lembro da apresentadora do "Cidinha Livre", lá pelos anos 70. Essa jornalista tem fibra e coragem. Mete o dedo na ferida mesmo. Fez denúncias graves contra o Frouxo, digo Freixo, membro titular da esquerda caviar. Acho que o deputado dessa vez não tem saída. Pode escrever um monte de bobagens na imprensa, já está desacreditado.
Querida Lucia, esse livro é ótimo. deveria ser leitura obrigatória nas escolas e faculdades. Infelizmente com gestores educacionais marxistas e/ou petistas isso é praticamente impossível. É por isso que a educação no Brasil é uma das piores do mundo. E vai continuar a ser por muito tempo.

José Antônio disse...

Cidinha Campos, como Marcelo Freixo, também não está acima do bem e do mal...

Eu diria que ela seria uma espécie de Deputada bipolar. Há muito o que elogiar, mas há muito, também, o que criticar.

No caso, em questão, seria para elogiar? Ou não?

Já que ela resolveu assumir um lado, tomara que ela tenha razão e não seja apenas por picuinha. Vá saber...

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS