segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

CINEGRAFISTA TEM MORTE CEREBRAL

CO-RESPONSÁVEIS PELA MORTE DE SANTIAGO ANDRADE SÃO MUITO MAIS DO QUE OS SOLTADORES DE ROJÃO


Um profissional de imprensa trabalhando no meio de uma manifestação violenta, sem nenhum tipo de proteção. Sem cobertura, colete, capacete e sem máscara. Quem SÃO OS RESPONSÁVEIS ? 

Se ROJÕES podem virar armas LETAIS, como pode se admitir serem vendidos livremente ? Quem SÃO OS RESPONSÁVEIS ?

Quem convocou essa manifestação no dia em que o CINEGRAFISTA foi atingido ? E pelas páginas das REDES SOCIAIS que convocam pessoas para participar de manifestações, sobre as quais não possuem nenhum controle e que sabem muito bem sempre acabam em violência. QUEM SÃO OS RESPONSÁVEIS ?

E o incentivo a essas manifestações, apenas por interesse em explorar politicamente o fato. QUEM SÃO OS RESPONSÁVEIS ?


E quanto aos comentários e matérias na IMPRENSA OFICIAL, em que jornalistas e colunistas apoiavam totalmente as MANIFESTAÇÕES, dizendo que elas eram PACÍFICAS, e que os excessos cometidos (entenda-se por excesso - QUEBRAR - DESTRUIR - AGREDIR - FERIR - SAQUEAR - TACAR FOGO) eram "compreensíveis", e que só assim poderia causar repercussão e mudanças. NÓS OUVIMOS, LEMOS E ASSISTIMOS ISSO. ONDE ESTÃO ESTES IRRESPONSÁVEIS ?

Cinegrafista atingido por rojão no Rio tem morte cerebral

Cristiane Ribeiro e Vitor Abdala - Agência Brasil

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou há pouco a morte cerebral do cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Ilídio Andrade, de 49 anos. Ele foi ferido por um rojão durante manifestação no Rio de Janeiro na semana passada e está internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Municipal Souza Aguiar.

Leia também no Portal EBC: 

Santiago, que teve afundamento do crânio e perdeu parte da orelha esquerda, foi submetido a uma cirurgia para diminuir a pressão craniana, assim que chegou ao hospital. No sábado, uma tomografia comprovou que a hemorragia havia sido controlada, mas o estado de saúde do cinegrafista piorou.

O profissional foi atingido por um rojão enquanto filmava o protesto contra o aumento das passagens de ônibus no município do Rio, próximo à Central do Brasil, no centro da capital fluminense. Ele tinha mais de 20 anos de profissão e trabalhava há 10 anos na Rede Bandeirantes. Santiago era casado e pai de quatro filhos.

6 comentários:

José Antônio disse...


Caro Bond,

Havia feito um comentário aqui e ele sumiu.

Pode ser que eu tenha feito alguma besteira... por isso vou repetí-lo.

É que eu tenho lido alguns setores da imprensa e mesmo da esquerda procurando responsabilizar o Deputado Marcelo Freixo pelos lamentáveis acontecimentos que provocaram a morte do cinegradfista.

Apesar de ser vinculado ao PSOL, um partido que tomou distâncias do PT, o comportamento passado deste deputado não nos permite acreditar que, de uma hora para outra, esse deputado tenha se tornado tão irresponsável a ponto de passar a apoiar manifestações que primam pelo uso da violência.

Acho que devemos tomar cuidado com a enxurrada do que vemos publicado, pois há muitos setores que apostam na tática militar da contra informação.

Hajem como o Chacrinha que dizia não ter vindo para explicar, mas sim, para confundir.

Adversários políticos são uma coisa. Criminosos, outra.

Por tudo o que eu conheço do Marcelo Freixo, tenho enorma dificuldade em acreditar que ele tenha passado a apoiar os atos criminosos e violentos dos black-blocs.

LRM disse...

Só porque o Marcelo Freixo é de esquerda isso não o livra de tentações baderneiras. Pelo contrário, a baderna e a bagunça são práticas corriqueiras das esquerdas, no mundo inteiro. É óbvio que o deputado não ordenou atirar o rojão no cinegrafista, mas sua relação com os baderneiros merece ser investigada.

José Antônio disse...


Uma correção:

"Agem" no lugar de "Hagem".

Quanto a quem usa a baderna e a bagunça como tática política, a história nos ensina que, na maioria das vezes são grupos de direita e de extrema-direita.

Embora, de vez em quando a esquerda se utilize deste procedimento.

E se for para investigar as relações com os baderneiros eu apontaria meus faróis em outra direção.

BONDeblog S. O. disse...

José

Não acredito que o Dep. Marcelo Freixo apoie atos violentos. Sei que muitos integrantes do PSOL e PSTU estão liderando manifestações. Ainda assim não se tem nenhuma certeza de que estejam ligados à parte de quem quebra - incendeia - saqueia.

O fato de ser filiado a um partido não significa que o partido apoie atos violentos. Vamos lembrar daquele militante do REDE da Marina Silva QUE ATACOU O PRÉDIO DO ITAMARATY.

Vamos aguardar para ver.

Paulo Marcel Palmares Sobrinho disse...

A nossa mídia irresponsável, junto com a direita, estão em uma posição relativamente confortável, pois apoiam e incentivam (de forma velada) as manifestações, apenas pelo fato de atacarem ao governo. E quando a manifestação descamba para a violência, a mídia e a direita acusam o governo de incompetência em lidar com a situação.
A nossa oposição tem comportamento criminoso.

Abraço Bond

BONDeblog S. O. disse...

Marcel

Grande abraço.

Você tem razão.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS