quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

ATOR PRESO POR ENGANO - VINÍCIUS ROMÃO FOI AO INFERNO E VOLTOU PARA CONTAR

VINÍCIUS ROMÃO CONCEDEU ENTREVISTA EM QUE DENUNCIOU AS PÉSSIMAS CONDIÇÕES NA CADEIA PÚBLICA PATRÍCIA ACIOLI.


Depois de 16 dias preso por um crime que não cometeu, e sendo pessoa sem nenhuma passagem pela polícia, o ator da TV Globo e vendedor de uma loja de roupas no Norte Shopping, Vinícius Romão de Souza, de 26 anos, voltou para CASA, um apartamento onde mora com a família no Engenho de Dentro e, numa entrevista coletiva concedida no playground do prédio, cercado por amigos e vizinhos, relatou as condições desumanas e inaceitáveis na cadeia onde ficou. 

Vinícius disse que foi detido sem qualquer chance de argumentar e se defender, que ao ser abordado pelo policial que lhe apontava a arma teve medo de ser morto. Na 25a DP. também não lhe foi assegurado qualquer direito, como ligar para advogado ou chamar a família, o que só pode fazer na manhã seguinte. Apesar do que passou, Vinícius Romão não condenou a mulher que o acusou de roubo . 

A CADEIA PÚBLICA PATRÍCIA ACIOLI
Colocar o nome da ex-juíza Patrícia ACIOLI num presídio/cadeia com estas condições degradantes, é uma ofensa a imagem e memória da magistrada, que foi assassinada por combater grupos de extermínio e maus policiais que cometem ilegalidades e arbitrariedades.

Na Cadeia Pública Patrícia Aciolli, o ator ficou em uma cela com outros 14 homens, a maioria deles acusados de tráfico de drogas e de violência contra mulheres. Para os 15 presos só havia três beliches, e todos sem colchão. Vinícius dormiu no chão, em cima de um papelão por 15 dias ?

— Quando a gente entra na cadeia, cortam o nosso cabelo, e nos colocam um uniforme com da Secretaria de Administração Penitenciária que tem a palavra “ressocialização”. Não vejo como as pessoas podem se RESSOCIALIZAR, sair de lá melhores do que entraram, sem nada de útilpara fazer por todo o tempo, sem água para beber e sem lugar para dormir. 

"Não havia nada para fazer. Improvisamos até jogos de dominó e damas com papel."

Vinícius disse ainda que tirou uma lição de tudo o que passou, e vai valorizar cada coisa simples da vida. Lembrou ainda dos muitos inocentes que devem passar pelo que ele passou, e não adiantou que tipo de providências irá tomar para acionar o ESTADO pelos danos que sofreu.

===============================

Nem todo mundo que vai ao INFERNO volta para contar. Vinícius Romão voltou e, com a credibilidade de ser inocente, e com a serenidade pouco comum para quem passa por situações dessa natureza, revelou o CAOS que é o nosso sistema prisional. Nem mesmo os presos provisórios, sem nenhuma condenação anterior, recebem um tratamento decente. Tivesse a Cadeia algum tipo de acompanhamento SOCIAL e trabalho de psicólogos para traçar desde logo o perfil dos detidos, e esse caso não se arrastaria por 15 dias. Convenhamos que um inocente ficar preso por um minuto já é tempo demais, ficar por quinze dias preso, e em condições desumanas, é uma eternidade.

Melhorar o sistema prisional nem sempre é, em tudo o que precisa ser feito, algo complexo e caro. Algumas ações e medidas são simples e baratas, mas, não existe vontade de se fazer.

Se algumas das autoridades do Brasil, passassem um dia o que esse rapaz passou por quinze dias, quem sabe alguma coisa mudaria para melhor.

2 comentários:

José Antônio disse...

Amigo Bond,

Com todo o respeito que tenho pelo amigo, são por coisas como essas e que ocorrem com frequência bem maior do que um fato isolado, que gostei muito daquele vídeo do "Porta dos Fundos" que você condenou.

Entendo o teu posicionamento, pois, como você disse, existem maus profissionais em todos os ramos de atividades.

Mas, no caso das nossas Polícias Militares e Civis, este parece ser o comportamento estrutural.

A falta de consciência de quais devem ser as atribuições da Polícia e de seu relacionamento com a população, aliada à estrutura de ambas as instituições, que pagam miseravelmente aos integrantes de nível mais baixo da sua cadeia (ooops...) hierárquica, faz com que fatos como esses sejam, não só corriqueiros, como considerados comuns.

Não há como serem contratados bons policiais em estruturas tão viciadas assim. O bom policial, infelizmente, é a exceção e não a regra.

Por isto, entendo que as críticas apresentadas por aquele vídeo sejam mais do que pertinentes.

Nossas polícias estaduais não podem, em uma ordem que se pretende democrática, prosseguirem assim com essa estrutura.

BONDeblog S. O. disse...

José

Respeito o amigo e sua posição. Sua opinião está aí devidamente registrada.

Mantenho, porém, a minha posição que ali no vídeo, houve uma generalização, ridicularização que não contribui para melhorar a polícia nem as práticas por ela adotadas.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS