sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

MENSALÃO TUCANO PRONTO PARA SER JULGADO - A HORA DA VERDADE PARA O PSDB E O STF


Quando o Mensalão dos TUCANOS for julgado, nós poderemos conhecer um pouco melhor os meandros desse que foi o "PAI" de todos os casos de CAIXA 2, via sangria de contas de publicidade. Quem sabe até pode ser esclarecida a morte de uma jovem modelo de Minas Gerais, que foi assassinada em circunstâncias misteriosas e transportava malas de dinheiro para políticos e empresários envolvidos no caso. Veremos ainda as vísceras do PSDB sendo expostas, ou não, caso o PIG resolva poupar o Partido que apoia e deseja ver de volta ao Planalto.

Mas, o que todos nós estamos mesmo interessados em ver, é se o comportamento dos Ministros do STF será o mesmo. Se para os RÉUS TUCANOS e demais envolvidos, com o farto material que liga Azeredo a Marcos Valério, os critérios de julgamento serão os mesmos. Se será exigido o ônus da prova invertido, se o DOMÍNIO do FATO será aplicado - Se o não tinha como não saber, ou só pode ter sido, ainda que eventualmente sem provas, vão ser aplicados.

Saberemos então se as mudanças e novidades introduzidas durante a Ação Penal 470 VIERAM PARA FICAR, ou se foram apenas um ESPASMO DE AUTORITARISMO e ARBÍTRIO, para condenar os RÉUS petistas e agradar a Direita Midiática.


Mensalão mineiro entra na última fase antes do julgamento no STF





André Richter - Agência Brasil - 17.01.2014 

Brasília - O ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a Procuradoria-Geral da República (PGR) apresente as alegações finais na Ação Penal 536, processo conhecido como mensalão mineiro.

Esta é a última fase antes de o processo ficar pronto para julgamento. Toda a parte de instrução do processo, como depoimentos de testemunhas de defesa e de acusação, foi concluída. A expectativa é que ação seja julgada pelo plenário da Corte neste ano. O despacho do ministro foi assinado ontem (15).

São apurados supostos desvios de dinheiro público durante a campanha de reeleição do hoje deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG) ao governo de Minas Gerais, em 1998. Após as conclusões da procuradoria, o processo seguirá para as alegações finais da defesa.

De acordo com denúncia da PGR, aceita pelo Supremo em 2009, o parlamentar é acusado dos crimes de peculato e lavagem de dinheiro. Segundo a procuradoria, o então candidato teria se beneficiado de recursos oriundos do suposto esquema que envolveu a empresa de publicidade SMP&B, de propriedade do publicitário Marcos Valério, condenado na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Outros acusados repondem às acusações na primeira instância da Justiça de Minas, porque não possuem foro privilegiado.

Na época em que a denúncia foi recebida, Azeredo negou todas as acusações e disse que não há qualquer documento que confirme o uso de recursos de caixa dois na sua campanha à reeleição. O parlamentar também disse que nunca autorizou repasses para dinheiro para as empresas de Marcos Valério.

Edição: Beto Coura

4 comentários:

Anônimo disse...

Vou esperar sentado algum tucano ser condenado a algum crime, pois em pé, ficarei cansado!

José Antônio disse...

Tucanos fazem parte da Casa Grande.

As leis foram feitas apenas para o pessoal da Senzala.

José Antônio disse...


Bond, aprendendo com a D.Lucia, vou dar uns chutes aqui.

Não tenho fontes nem com credibilidade nem sem.

Os chutes são apenas fruto da minha sensibilidade sobre a atual momento político.

Faz algum tempo não aparecem pesquisas sobre as eleições presidenciais de 2014.

Assim, acredito que em breve deve aparecer pelo menos uma. Ibope o Datafolha.

Chuto que o que deverá ocorrer é uma pequena elevação nas intenções de voto da Dilma e, talvez uma estagnação ou pequena redução na soma entre as intenções de Aécio e Eduardo Campos/Marina.

Portanto, a elevação nas intenções de voto de Dilma, em princípio, deverão ser provenientes daqueles que estavam indecisos após os acontecimentos de junho do ano passado.

A subida de Dilma não deverá ser muito significativa, devendo ficar muito próxima da margem de erro das pesquisas. Este resultado servirá para a a opô afirmar que Dilma estacionou.

A opô vem dizendo isso, desde os primeiros resultados que mostram a recuperação de Dilma.

Ocorre, entretanto, que Dilma vem subindo sistematicamente, desde junho, em taxas pequenas, sempre dentro da margem de erro. Somando-se as pequenas subidas, insignificantes para a opô, a subida de Dilma já foi bastante expressiva.

Com mais essa "pequena" subida, a opô irá cantar vitória como sempre, mas o quadro é de uma recuperação firme de Dilma, confirmando seu favoritismo para o primeiro turno.

Julgo que deve-se dar uma especial atenção a dois fatores:

1. A possibilidade dos tucanos perderem o Governo Estadual em seus estados vitrine: S. Paulo, Minas, Paraná, Goiás.

2. A necessidade do PT aumentar sua participação significativamente no Congresso.

Acho esses dois fatores extremamente possíveis.

Ah, é sim! Ah, é sim!

BONDeblog S. O. disse...

José

Esse blog é, segundo Dona Lucia, um blog petista.

Então, por favor

Pó PARA Ah é Sim. Neves fora nada ?

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS