quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

ANALFABETISMO - UMA VERGONHA PARA O BRASIL E PARA O MUNDO


NÃO FOSSE O PLANETA GOVERNADO POR LÍDERES QUE PENSAM MUITO EM GUERRA E PODER, E TIVÉSSEMOS AQUI NO BRASIL, A PREOCUPAÇÃO VERDADEIRA EM COMBATER ESSA CHAGA QUE É O ANALFABETISMO, E A NOSSA REALIDADE E A REALIDADE DO MUNDO SERIA DIFERENTE.

Taxa mundial de analfabetismo cai 1% em 11 anos
Yara Aquino - Repórter da Agência Brasil - Agência Brasil - 29.01.2014 

Pesquisa aponta queda do analfabetismo mundial entre adultos (Fabio Pozzebom/ABr)

Entre 2000 e 2011, a taxa de analfabetismo mundial entre adultos caiu 1%. O número de adultos analfabetos em 2011 era 774 milhões e a projeção é que até 2015 esse número caia para 743 milhões. Os dados são do 11° Relatório de Monitoramento Global de Educação para Todos, divulgado hoje (29) pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Segundo o documento, dez países respondem por 72% da população mundial de analfabetos, entre eles o Brasil, a Índia, China e Etiópia. Dados de 2011 mostram que no ranking dos dez países com o maior número de adultos analfabetos, o Brasil ocupa a oitava posição.

A taxa de analfabetismo entre pessoas com 15 anos ou mais no Brasil é 8,6%, totalizando 12,9 milhões de brasileiros, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2011. Para cumprir o compromisso assumido no Acordo de Dacar (Senegal), o Brasil deve chegar a 2015 com taxa de analfabetismo de 6,7%.

O compromisso Educação para Todos traz seis metas que integram o Acordo de Dacar, assinado em 2000. Até 2015, os países devem expandir cuidados na primeira infância e educação, universalizar o ensino primário, promover as competências de aprendizagem e de vida para jovens e adultos, reduzir o analfabetismo em 50%, alcançar a paridade e igualdade de gênero e melhorar a qualidade da educação.

Editor Fábio Massalli

3 comentários:

H.P. disse...

SERÁ QUE IRÃO PARTIR PRA "IGNORÂNCIA"? CUIDADO BLACK BLOCK!

..........TENTA A SORTE ........

Já na sexta-feira, avisada por corintianos da zona leste, a Gaviões da Fiel decidiu “proteger” o Itaquerão de possíveis ações de vandalismo. “Como começaram os atos de vandalismo, isso preocupou a torcida. Somos favoráveis às manifestações, mas não aceitamos que queiram depredar uma propriedade particular como é nosso estádio”, disse Alex da Matta, integrante da área de comunicação da Gaviões.

Rapidamente, os uniformizados entraram em ação. Oficialmente, organizaram um churrasco na porta da futura arena. Na prática, montaram um cordão na porta da obra em Itaquera.

Junto com outras torcidas (Camisa 12, Pavilhão Nove, Estopim da Fiel, Coringão Chopp e Fiel Macabra), eles saíram da sede social e seguiram de metrô até Itaquera. Cerca de dois mil torcedores se prepararam para qualquer confronto....".

José Antônio disse...


No Brasil, entramos, agora, em uma fase na qual avanços significativos serão muito lentos.

A enorme maioria dos analfabetos adultos é composta por pessoas mais idosas e que, com muito raras exceções, não veem vantagens em se alfabetizarem tão tarde na vida.

Por outro lado, há um problema, ainda, na alfabetização das crianças, pois a grande maioria daquelas que se encontram em idade escolar, mas fora da escola, situam-se em regiões de população rarefeita e de muito difícil acesso aos centros urbanos.

Ainda assim, muitos progressos foram efetuados na região amazônica onde crianças estão conseguindo ter acesso à escola através de canoas que vão buscá-las em casa. Convenhamos que é um esforço muito grande para chegar até essas crianças e os resultados influem muito pouco nas estatísticas.

Há uma pequena parcela de crianças fora da escola em grandes centros urbanos. Neste caso seria importante responsabilizar os pais ou responsáveis, uma vez que vagas não faltam mais.

A proliferação das creches deve ajudar a fazer com que as crianças nelas atendidas prossigam depois para a escola regular.

Sobre os idosos analfabetos, é triste constatar, mas há muito pouco a fazer. Se não tiverem força de vontade para aprender a ler e a escrever dificilmente o governo irá encontrá-los. O único estímulo para um idoso é aumentar sua autoestima. O fato de alfabetizarem-se não deve provocar nenhum incremento em seus rendimentos.

Já em relação às crianças, ainda há muito a ser feito, mas é cada dia mais difícil.

O importante, agora, é garantir àquelas crianças que estão na Escola, educação de qualidade, com permanência no recinto escolar durante os dois turnos (manhã e tarde) e com atividades extracurriculares envolvendo esportes (futebol de campo ou salão, natação, judô, basquete, vôlei), arte (música, pintura, teatro, fotografia), leitura, computação, etc.


José Antônio disse...


Há outros pontos de vista acrescentados e discutidos em:

http://jornalggn.com.br/noticia/o-problema-atual-da-educacao-basica-e-o-ensino-medio#100

Como sempre, as discussões desse site são muito instrutivas, pois os debatedores e comentaristas sempre vão mais a fundo do que a mera desconstrução das opiniões antagônicas.

A discussão deixa de ser superficial, tipo: concordo x discordo e saímos do FLA-FlU improdutivo.

Concorde-se ou não, vale a pena ler e.... instruir-se.

Cada um tire a sua opinião depois.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS