quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

A CEDAE E SEU PRESIDENTE WAGNER VICTER AFRONTAM A POPULAÇÃO DO RIO COM SUA INCOMPETÊNCIA

"BICAS SECAS"
O senhor Vagner Victer é presidente da CEDAE desde 2007. Em 2007 eu tinha água na caixa sem precisar de BOMBA. Hoje, 7 anos depois, nem com BOMBA. O presidente da CEDAE diz que em 2015 vai melhorar. Típica saída pela tangente de quem em 2015 não mais poderá ser cobrado por nada, visto que mudará o governo e ele deixará de ser presidente da empresa.

A realidade, DURA REALIDADE, é que a CEDAE mudou de nome, passou a ser NOVA CEDAE, mas, a qualidade do serviço prestado, o atendimento aos contribuintes/clientes continua velho, continua ruim. Ligue para a CENTRAL de atendimento da Companhia e...e...e...espere, depois, se contente com a explicação da atendente de que, NÃO EXISTE NENHUM DEFEITO, que o abastecimento está NORMAL, QUE "PODERÁ ESTAR ENVIANDO UMA EQUIPE PARA INSPEÇÃO". Noves fora os "Gerúndios", se enviar uma turma, se você puder ficar o dia todo esperando pela CEDAE, não vai adiantar nada. A equipe vai constatar a "falta de pressão", dirá que não há nada de errado com a rede, e que, quando o calor diminuir, quando o consumo diminuir...aí o abastecimento normaliza.

Ninguém está reclamando nem exigindo SOLUÇÃO MÁGICA ao senhor Vagner Victer. A população do Rio de Janeiro, que paga pela ÁGUA da CEDAE mesmo sem receber o produto (TEM UMA TAXA BÁSICA/MÍNIMO/FIXA - MENSAL) exige é competência, quer ver resultados, quer ver a execução de obras e os resultados delas, NÃO PARA 2015, mas sim aquilo que o Sr. Victer promete desde sempre, num AMANHÃ que nunca chega.

O governador Sergio Cabral deixa o governo em MARÇO próximo. Victer bem que poderia ir embora também. Cabral fez boa parte do bem que podia, e muito do mal que não devia. Victer, só fez com o povo do Rio as maldades que nós não merecemos sofrer.

‘Solução mágica para falta d’água não existe’, diz presidente da Cedae - 
Presidente da Cedae entende reclamações e aposta que R$ 2,4 bilhões em obras reduzem problema

Rio - ‘Cada um com o seu fardo”. Wagner Victer, que ocupa a presidência da Cedae desde 2007, espera que seu “fardo” fique mais leve no próximo verão.

5 comentários:

H.P. disse...

ORGANIZAÇÕES BANDIDAS SONEGADORAS GLOBO HOJE(está lá no jornal deles), FALANDO DOS POBRES E DOS NEGROS:

MINHA CASA MINHA VIDA -

"....Especialistas ouvidos pelo GLOBO consideram que o Minha Casa Minha Vida precisa passar por ajustes. Diretor do Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade (Iets), o economista Manuel Thedim diz que a questão a ser pensada é como levar pessoas que viviam na informalidade a se adaptarem à vida formal, com todos os custos de morar num condomínio(ou seja, pobres e negros não sabem morar juntos - nosso).
— Os moradores não estavam preparados para morar num condomínio e estão transformando isso numa favela(ou seja, pobres e negros só sabem morar na favela - nosso).
— Muitos moradores não se sentem obrigados a pagar as contas(ou seja, pobres e negros são desonestos, caloteiros). Fui síndico do Destri, e lá enfrentamos problemas. Temos muitos gastos de manutenção. Para você ter uma ideia, quando chegamos aqui, até as mangueiras de incêndio tinham sido furtadas(ou seja, pobres e negros roubam tudo, eles vivem de roubos - nosso) — diz Bruzaco...".
********************
A Globo mede os outros pela sua própria régua!

H.P. disse...

Como seria fácil, caso a GLOBO-PSDB voltasse ao poder, via STF ou ELEIÇÕES, DESFAZER TUDO QUE FOI FEITO, a duríssimas amarguras, sangue, suor e lágrimas, até aqui por LULA-DILMA.

Ficaria assim:

PSDB FALANDO EM CADEIA NACIONAL, VIA REDE GLOBO.......

"NÓS CANSAMOS DE AVISAR QUE UM DIA A CONTA IRIA CHEGAR.
TODOS ESSES GASTOS INÚTEIS DO GOVERNO ANTERIOR(Lula-Dilma), quer na Petrobras, quer na Minha
Casa Minha Vida, quer na distribuições de todas as Bolsas e em todos esses gastos, terão que ser pagas por nós agora no governo. Assim, a partir de agora e para não dar mais gastos inúteis e problemas, ACABAMOS COM TODOS ESSES PROGRAMAS ABSOLUTAMENTE INSUSTENTÁVEIS, E TENTAREMOS VENDER A PETROBRAS PARA AJUDAR A PAGAR TODAS ESSAS DESPESAS DEIXADAS POR ELES...".
*****************
Pronto, a Veja dá em primeira página o pronunciamento. Seguida por Folha de São Paulo, Estadão, CB, Band, SBT etc e etc. e, OS COXINHAS DESPOLITIZADOS, sairão aplaudindo a própria desgraça. A própria miséria. A p´ropria morte.
*****************
POLITIZAR É LIBERTAR!
Não seja massa de manobra dessa DESGRAÇADA E AMALDIÇOADA DIREITA CAPITALISTA.
AJUDEM SEUS AMIGOS, SEUS CONHECIDOS, TENHAM RESPEITO PRÓPRIO - POLITIZEM-SE MAIS E MAIS E AJUDEM AOS OUTROS SAIREM DESSAS TREVAS DIREITISTAS.

BONDeblog S. O. disse...

H. Pires

Os pobres fazem "gato" e os ricos ?

Será que o s ricos que ligam o esgoto de seus prédios direto na rede pluvial - LÁ NA BARRA DA TIJUCA - SABEM VIVER EM CONDOMÍNIO ?

Se, felizmente essa é uma hipótese remota - a direita voltar ao poder, em quatro anos eles vão destruir todos os programas e avanços conquistados.

Um abraço

Anônimo disse...

E QUANDO FALTA AGUA, ALÉM DE NÃO PRESTAR UM SERVIÇO PAGO?

Do Jornal EXTRA online(no Nassif - 03/08/12)

"..Moradores da Zona Oeste entram na Justiça para não pagar por serviço de esgoto que não recebem

Eliza Kuntze é uma das moradoras da Zona Oeste que estão tentando não pagar mais a tarifa - Foto: Thiago Lontra

Ana Paula Viana e Léa Agostinho

Vizinhos no sub-bairro de Adriana, em Campo Grande, Elisa Kuntze, de 62 anos, e Ailton da Silva Pereira, de 67, pagam há décadas na conta de água da Cedae uma taxa correspondente ao esgoto. Tudo normal, não fosse um detalhe: o serviço não é prestado onde moram. A empresa alega que há coleta. Em muitos casos, porém, é pela rede de água de chuva, o que não é adequado.

Numa região da Zona Oeste com 1,7 milhão de moradores, em que pelo menos metade das 534 mil residências não conta sequer com a coleta dos detritos sanitários, clientes da companhia, como Aílton e Elisa, estão entrando na Justiça. Antes mesmo de ter a ação julgada, muitos estão fechando acordos propostos pela Cedae para receber de volta o que foi cobrado nos últimos anos. As restituições são de R$ 1.500, em média. Os clientes ainda têm a tarifa retirada da conta, até que o serviço de esgoto seja efetivamente prestado.

— Não falta água por aqui, mas o esgoto é um problema. Pagamos para não ter. Há até morador que nem sabe que seu esgoto não é tratado pela Cedae — diz Ailton Pereira.

Segundo o advogado Rômulo Cavalcante, especialista em questões imobiliárias, devolver o dinheiro dos clientes e parar de cobrar pelo serviço na região que não é atendida pela rede é o mínimo a ser feito:

— A Cedae não poderia jamais cobrar por um serviço que não presta — afirma.

Leonardo Pessoa, advogado especialista em Direito Tributário, critica ainda a falta de regulação do serviço. Desde 2000, um decreto do governador dá à Cedae plenos poderes para, por exemplo, fixar seus percentuais de aumento anual.

— Há uma série de irregularidades na prestação do serviço e não existe uma agência reguladora para fiscalizar o que é feito — critica Leonardo Pessoa...".

José Antônio disse...

Bond, você acaba de receber um e-mail.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS