sábado, 14 de dezembro de 2013

PESQUISA CNI / IBOPE APONTA CRESCIMENTO DA APROVAÇÃO DO GOVERNO DILMA / + 6 PONTOS

O índice de aprovação ao governo da presidente Dilma Rousseff subiu para 43%, de acordo com a pesquisa da CNI (Confederação Nacional da Indústria) em parceria com o Ibope, divulgada na manhã desta sexta-feira (13).

Na última pesquisa, divulgada em setembro, 37% consideraram o governo Dilma ótimo; 39% regular; 22% ruim ou péssimo; e 1% dos entrevistados não souberam ou não responderam à pesquisa.

A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

A área de combate à fome e à pobreza é a que recebe a maior aprovação dos entrevistados: 53%. Por outro lado, tiveram os menores índices de aprovação os setores de saúde (26%) e segurança pública (27%), a carga de impostos (24%) e os valores das taxas de juros (28%).

A EVOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DO GOVERNO DILMA
  • Arte UOL
O índice de aprovação do governo fica bem abaixo dos 72% que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinha no mesmo período do seu segundo mandato. No entanto, quando se olha para o primeiro governo do petista, esse índice estava mais baixo, em 29%, ao final do terceiro ano.

Em relação ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Dilma leva certa vantagem. No final do terceiro ano do segundo governo do tucano, o percentual de aprovação era de 21%. Já no primeiro mandato do FHC, 40% consideravam seu governo ótimo ou bom.

Na pesquisa divulgada hoje, 35% dos entrevistados consideram a gestão regular, contra 39% da pesquisa anterior, e 20% avaliam o governo como ruim ou péssimo, ante 22% do último levantamento



APROVAÇÃO DA MANEIRA DE GOVERNAR DE DILMA
Aprova 56%
Desaprova 36%
Não sabe/não respondeu 7%

A aprovação pessoal à presidente também subiu dentro da margem de erro, para 56%, contra 54% registrados na última pesquisa. O percentual de quem desaprova a maneira de governar da petista caiu de 40% para 36%. Entre os entrevistados, 7% não souberam ou não quiseram responder a essa pergunta no levantamento de agora. A soma dos percentuais não iguala 100% devido a arredondamentos.
Popularidade

A sua popularidade também tem apresentado tendência de melhora nos últimos meses, mas está longe ainda de atingir os índices anteriores à onda de protestos no país, que aconteceu em junho e se espalhou pelo Brasil.

EVOLUÇÃO DA APROVAÇÃO PESSOAL DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF
Em março deste ano, ela tinha 79% de aprovação, contra 17% de desaprovação. No entanto, em junho, com as manifestações, a desaprovação dela subiu para 49%, superando a aprovação, que despencou para 45%.

A popularidade da presidente é maior nos Estados do Amazonas, Rondônia, Piauí e Ceará. Os menores indicadores encontram-se no Distrito Federal e nos Estados de São Paulo, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

A pesquisa, feita pelo Ibope sob encomenda da Confederação Nacional da Indústria (CNI), foi realizada entre os dias 23 de novembro e 2 de dezembro, envolvendo também a avaliação dos governadores dos Estados. Foram entrevistadas 15.414 pessoas com mais de 16 anos de idade, em 727 municípios.

Nota do Blog: O CENÁRIO PARA A OPOSIÇÃO VOCÊ VÊ LOGO ABAIXO
1 / 6

13 comentários:

José Antônio disse...

Caro Bond,

Não me lembro se foi Ulyssess Guimarães ou Tancredo Neves que enunciou que olhar para o panorama político é como olhar para as núvens do céu: a cada minuto temos uma nova configuração.

Em minha última análise do panorama, aqui neste blog, após as penúltimas pesquisas, ficou claro para mim que Dilma venceria no primeiro turno.

Acrescentei que essa era uma opinião pessoal e que, embora a maioria dos adversários da Dilma estivessem fazendo teatrinho, pois seus objetivos se centravam, de verdade, em 2018 e não em 2014.

Comentei, ainda, que Dilma e o PT não poderiam se deixar convencer de uma vitória fácil, pois perder pelo uso do salto alto seria imperdoável.

As recentes pesquisas vem apenas reafirmar o que eu penso. Dilma, como previsto, vem recuperando sua popularidade, em detrimento dos demais. Essa recuperação tem sido lenta, mas consistente.

De modo que, em princípio meus prognósticos não só permanecem válidos como também reforçados.

Entretanto, do ponto de vista de uma análise mais isenta, percebi que existe uma possibilidade estratégica para a oposição levar as eleições presidenciais para o segundo turno, de forma plebiscitária.

No meu entender, essa possibilidade, embora existente, necessita de uma engenharia política muito difícil de ser conseguida pelos diversos atores oposicionistas, incluindo a mídia.

Tanto que, até agora, para a minha tranquilidade, não existem sinais no horizonte de que essa estratégia esteja no radar oposicionista.

Por enquanto, parece tudo do mesmo. Os diversos atores não mudaram suas atuações e, se tudo continuar tal como está, o desfecho será aquele já previsto.

Continuo monitorando os blogs oposicionistas e fico bastante contente em constatar que, por enquanto, eles se mostram batendo cabeça e achando que a soluçao irá cair naturalmete dos céus.

Eu poderia cantar aqui, qual é esta única possibilidade de provocar um segundo turno plebiscitário, de resultados imprevisíveis.

Mas, enquanto a oposição não modificar sua estratégia, prefiro manter-me em silêncio. Mesmo considerando que a engenharia política para isso seja de execução muito difícil.

Eles que descubram por si mesmos, sem a nossa ajuda. Não é mesmo?

O que eu acho importante, é que, embora todos as previsões pareçam ser bastante favoráveis à reeleição da Dilma, não podemos considerar o resultado como já decidido.

Para não sermos surpreendidos, devemos continuar trabalhando como se qualquer candidato oposicionista tivesse condições de provocar um segundo turno.

Quem quiser saber como efetivamente levar as eleições para o segundo turno, que queime suas pestanas sozinho. Da minha parte, ficarei em silêncio.




José Antônio disse...

Os dados abaixo s]ao bastante interessantes e significativos:

"BRASÍLIA - O percentual de pessoas que considera o governo de Dilma Rousseff pior que o de Luiz Inácio Lula da Silva caiu de 42% para 34%, informa pesquisa divulgada nesta sexta-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo Ibope.

Segundo o estudo, também aumentou o percentual que considera iguais as duas gestões: foi de 44% para 49% do total da população. A comparação é feita com a pesquisa anterior, divulgada em setembro.

Segundo a CNI/Ibope, o percentual que considera o governo Dilma melhor que o de Lula “praticamente não variou”. Oscilou positivamente de 13% para 14%, dentro da margem de erro.

A pesquisa de dezembro tem margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e foi feita de 23 de novembro a 2 de dezembro com 15.414 entrevistados.

(Fábio Brandt e Bruno Peres | Valor)
"

http://www.valor.com.br/politica/3371500/cai-percentual-de-quem-ve-governo-dilma-pior-que-lula-diz-cniibope#ixzz2nOMXFL7E

BONDeblog S. O. disse...

José

A oposição sabe que só tem um caminho para impedir a vitória de Dilma em 2014, e esse caminho não é limpo nem democrático.

Eu temo que eles pensem seriamente nisso, e temo que o governo atual e o PT não se preparem convenientemente para enfrentar o que vem por aí.

Um abraço

José Antônio disse...


É Bond,

essa é a última alternativa se não forem capazes de encontrar uma estratégia legítima: a do golpe; a de jogar o tabuleiro de xadrez para o alto, diante do iminente xeque-mate.

Eu não sei se eles serão capazes de visualizar a única (em minha opinião) maneira legítima de levar as eleições para o segundo turno.

Exigiria um pouco de desprendimento de uns e outros, sabidamente muito auto-centrados. Mas acho que existe, sim.

Mas não é muito visível no atual estado de coisas.

Nas minhas visitas aos sites da "opô", percebo que eles ainda se encontram muito perdidos.

Fora essa alternativa, só lhes resta embananar tudo. E nisso, eles são craques. Aí reside o perigo.

Fico quase tentado a dar a receita legítima para que eles não usem a ilegítima.

Vamos aguardar.






H.Pires disse...

PARABÉNS A PRESIDENTE DILMA pelo seu aniversário.
Nossa Nação, todos nós, esperamos ainda muito mais por parte da Sra..
Dê um presente a todos nós, no sentido inverso do aniversariante que devia recebe-lo, PRECISAMOS MAIS MUITO MAIS DE SUA AJUDA para VERCERMOS A DESGRAÇA QUE ASSOLA E ARREBENTA COM NOSSA PÁTRIA QUE É A GLOBO E ASSECLAS.
A MÃE DE TODAS AS BATALHAS, É A BATALHA CONTRA ESSES ASSASSINOS DESSA MÍDIA APÁTRIDA, CANALHA E ABSURDAMENTE MENTIROSA.
MANDELA QUE O DIGA.
Ele, MANDELA, ainda irá falar, por toda a eternidade, o que essa MIDIA RACISTA/NAZI-FASCISTA fez com ele.
PARA QUE NOSSA PÁTRIA FLORESÇA. PARA QUE AS CRIANÇAS POSSAM CRESCER DIGNAMENTE. PARA QUE OS IDOSOS SEJAM TRATADOS COM TODO RESPEITO CUIDADO E REVERÊNCIA. PARA QUE TODA A VIDA ANIMAL SEJA DEVIDAMENTE E AMPLAMENTE PROTEGIDA,
ESSA DIREITA CAPITALISTA MIDIATICA TEM QUE SUMIR, DESAPARECER PARA NUNCA MAIS VOLTAR. TEM QUE DAR LUGAR AO NOVO QUE SURGE, QUE É DAR VOZ A QUEM NÃO A TEM, SEMPRE OS MESMOS POBRES, PRETOS, PROSTITUTAS.
AS RUAS ESTÃO ASSIM A EXIGIR. FOI O CLAMOR(100%) DAS VOZES DESSAS MESMAS RUAS. SE RESTA DÚVIDA, OUÇAM AS "BELAS" MENSAGENS DIRIGIDAS À GLOBO. ESTÃO LÁ GRAVADAS.
Mas, por hoje, insistimos:
PARABÉNS PRESIDENTE DILMA PELO SEU ANIVERSÁRIO!

Anônimo disse...

É INACREDITÁVEL!
E OS PROCESSOS CONTRA A VEJA?
E OS PROCESSOS CONTRA A GLOBO?
ESTÃO A QUANTOS ANOS ADORMECIDOS NAS GAVETAS DOS "LIGEIRINHOS" DA JUSTIÇA?

Do BOL, em São Paulo
Montagem BOL
Paulo Henrique Amorim terá que indenizar ministro por danos morais
Paulo Henrique Amorim terá que indenizar ministro por danos morais
De acordo com a coluna de Monica Bergamo deste sábado (14), o blogueiro e jornalista Paulo Henrique Amorim, apresentador da TV Record, foi condenado a pagar R$ 50 mil por danos morais ao ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal). Em 2008, ao criticar decisões do magistrado, Amorim afirmou que ele "transformou o Supremo Tribunal Federal num balcão de negócios".
Em sua defesa no processo, Amorim afirmava que suas palavras "não representam ofensa à honra e reputação do autor, caracterizando-se como livre expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação". A juíza Tatiana Dias da Silva, de Brasília, considerou, no entanto, que "a matéria produzida pelo réu não relatou fato verídico, não teve o intuito apenas de informar a coletividade", mas, sim, "teve o escopo de depreciar a imagem do autor, sem qualquer amparo". O advogado de Amorim informa que vai recorrer da decisão.
A juíza determinou que os R$ 50 mil a serem pagos por Amorim devem ser destinados à Apae de Diamantino (MT), onde Mendes nasceu.

LuCIa Ramos Moreira disse...

Os petistas comemorando a futura vitória da Dilma. Sr. Bond insinuando golpe. Lula indo pra TV defender seu poste.

Acho que este país nunca viu tanta mediocridade como temos agora. Eu já disse isso: a sorte da dilma é que seus opositores conseguem ser piores do que ela. estamos no pior dos mundos. O brasileiro morre aos borbotões nos hospitais fétidos e infectos, de um país que já teve um presidente que afirmou que nossa saúde estava à beira da perfeição. Estamos muito mal colocados no IDH mundial e nos índices de corrupção. A educação está entre as piores do planeta. 50 mil mortos todos os anos pela violência. Uma Presidenta que não começou nem terminou obra alguma. Enfim, o brasileiro deixou de ser vítima. Virou cúmplice.

José Antônio disse...


... e uma comentarista de oposição que não sabe interpretação de texto, querendo criticar aquilo que não entendeu, nem parece fazer questão de entender.

Uma comentarista que acha que a educação e a saúde estão caóticas, mas que quando seus amiguinhos tiveram a ocasião de corrigir os problemas, só fizeram agravá-lo.

Uma comentarista que só sabe criticar e sequer é capaz de elaborar uma simples proposta para melhorar os problemas que a população do Brasil enfrenta, desde que o Brasil é Brasil.

Uma comentarista que faz questão de não ver o quanto todos esses problemas, de séculos, começaram a ser resolvidos em pouco mais de 10 anos, quando o IDH que herdamos era ainda bastante inferior ao atual.

A única coisa correta que a comentarista acima disse, como oposicionista que é, é que se o governo atual não é o ideal, os opositores conseguem ser muito piores.

E nisto, estamos todos de acordo.

Por isso que ainda subsistem todas essas mazelas que a oposicionista acima descreveu.

Não se corrigem 5 séculos em apenas 11 anos. Mas dá para melhorar bastante. E ainda vamos melhorar muito mais, já que os opositores, aqueles que todos nós concordamos que são piores, pelas urnas nunca mais irão retornar.

Anônimo disse...

Enquanto houver elementos da estrema direita como essa tal Lucia comentando nas redes sociais, o PT não precisa se preocupar, já o que eles fazem é perder simpatia e possíveis votos, ao defenderem o indefensável e a essa oposição ridícula e totalmente corrupta.

Anônimo disse...

Querida lucia, que maravilha ler seu comentário hoje pela manhã. Realmente, o povo brasileiro já deixou de ser vítima e passou a ser cúmplice.

Você tem toda a razão. Ninguém aguenta mais esse blá blá blá de que a oposição quando estava no poder não fez nada. Ao que se saiba, a oposição hoje continua no poder. Estão lá o PMDB do Sarney, o Collor, o Renan Calheiros e, claro, sobre estes nem uma crítica. O PSDB ficou 8 anos apenas no poder e dele se cobra a resolução dos 500 anos de problemas. Fez muito até. Acabou com a inflação, modernizou as telecomunicações e criou a Lei de responsabilidade fiscal. O PT já tem bem mais tempo e o que produziu até agora? Aparelhamento das estatais e uma sociedade consumidora de bugigangas. Aldous Huxley em seu livro, ADMIRÁVEL MUNDO NOVO, já dizia que a ditadura perfeita teria a aparência de uma democracia com um povo escravizado pelo consumo.
Repare como nesse governo do PT o povo não consome cultura, saúde nem política. Estão todos robotizados pelo crédito, pelas Bolsas-esmola além de felizes com a Copa da corrupção, digo de futebol, que vamos ter em 2014. Um povo que viaja enlatado em ônibus e trens sujos, mas que encontra crédito para comprar carros que não precisam com o dinheiro que não têm, tudo para beneficiar os sindicato dos metalúrgicos. Não há subsídios para a compra de medicamentos nem comida, mas um caboclo compra um carro 0Km em 100 parcelas e sem IPI pra ficar engarrafado nas ruas mal asfaltadas. Enquanto isso, naqueles países "miseráveis" da Europa o povo todo anda em trens moderníssimos que não precisam ser apedrejados.
O PT nos deixa um legado de podridão, oportunismo e muita corrupção (mas verdade seja dita, a corrupção é praticada por todos os partidos).
Só pra lembrar ao cavalheiro José Antônio, a frase das nuvens que se mudam a todo momento foi proferida por Magalhães Pinto, aliás um banqueiro.

Anônimo disse...

Querida Lucia, antes que eu me esqueça, repare nos comentários após o seu. Veja como os petistas reconhecem a mediocridade de sua candidata mas estão felizes, pois isso não está impedindo a sua reeleição.
É assim mesmo, o que importa para eles é o poder. O país que se dane.

Anônimo disse...

Coitados dos coxinhas e rola-bostas de plantão!!! Estão todos a um passo de cortar os pulsos. E pensar que ainda perderão por uns 20 anos...!

José Antônio disse...

O suposto Professor Altair continua comentando aqui sem se identificar.

Suas impressões digitais, entretanto, são inconfundíveis.

A mesma falta de visão histórica, imperdoável para um suposto professor de história.

Receio que esse "professor" tenha que se reciclar. Talvez tenha futuro como analista político de "O Globo" ou da "Veja".

Lá não exigem conhecimemtos de história, nem análises mais profundas. Basta a panfletagem.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS