segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

CALOTE - ESTADO DO PARANÁ GOVERNADO POR TUCANO BETO RICHA NÃO PAGA FORNECEDORES E PARALISA OBRAS


16/12/2013 - 03h00

Em crise, governo do Paraná atrasa obras e pagamentos

ESTELITA HASS CARAZZAI
DE CURITIBA - FOLHA.COM

Sem dinheiro para pagar funcionários e fornecedores, o governo Beto Richa (PSDB), no Paraná, tem atrasado há pelo menos quatro meses pagamentos referentes a dezenas de obras e serviços.

Construções de rodovias pararam ou desaceleraram. Veículos policiais esperam conserto em oficinas. Não há aumentos para servidores desde setembro. E até obras da Copa foram afetadas.

Empresas contratadas pelo governo dizem que acumularam dívidas pela falta de pagamento.

"Tem empresa em extrema dificuldade, que está se financiando para não deixar de pagar salários e fornecedores", diz Evaldo Kosters, diretor do Sindirepa (Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos).

A situação, considerada um "sufoco" pelo próprio governo, é explorada pela oposição. O PT, que deve lançar a ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil) como candidata ao governo em 2014, acusa Beto Richa de má gestão.

O ex-governador e senador Roberto Requião (PMDB), outro possível candidato, gravou vídeo em frente a obras paradas e afirma que Richa "não começou a governar".

REAÇÃO

A gestão tenta reagir. Com nova secretária desde outubro, a Fazenda fechou o cofre para reavaliar prioridades.

A dívida é de R$ 700 milhões. O orçamento anual, de R$ 29 bilhões. Ou seja, o Estado deve cerca de 30% das despesas mensais.

Com metas estipuladas na campanha de 2010, o governo teme não conseguir cumprir o que prometeu.

O Estado teve alta de 17% na receita neste ano, mas gastou no mesmo ritmo. Desde 2012, com a contratação de policiais e novos reajustes a professores, o Paraná atingiu o limite de gastos com pessoal fixado por lei.

E a receita de transferências federais cresceu menos que o esperado -apenas 5%.

Além disso, empréstimos internacionais aprovados em órgãos como Banco Mundial não foram liberados pelo Tesouro, diante do estouro de gastos com o funcionalismo.

Mesmo sem o dinheiro garantido, o governo começou as obras a serem financiadas pelos empréstimos.

"Todo mundo foi gastando e gastando", diz a secretária da Fazenda, Jozélia Nogueira. "Pensavam: amanhã sairá o empréstimo. Não saiu."

A situação, agora, é de aperto total, ainda que os empréstimos sejam esperados para breve -o Tesouro deve autorizar as operações.

O salário do funcionalismo, promete o governo, está confirmado. As dívidas com fornecedores devem ser quitadas até março. Mas espaço para "respirar", diz a Fazenda, só em 2015.

3 comentários:

H.P. disse...

- AJUDE A ACABAR COM TODOS OS MENSALÕES.
- AJUDE A ACABAR COM OS CORRUPTORES.
- AJUDE NOSSA PÁTRIA A SER UMA PÁTRIA COM POLÍTICOS MENOS CORRUPTOS.

SÓ BANDIDOS DEFENDEM O FINANCIAMENTO PRIVADO DE CAMPANHAS!
SÓ MARGINAIS QUEREM A CONTINUIDADE DESSA CORRUPÇÃO DESLAVADA, MALDITA E DESGRAÇADA, DOS FINANCIADORES PRIVADOS DAS CAMPANHAS DOS POLÍTICOS IGUAIS.
VAMOS LIMPAR NOSSA PÁTRIA, DESSES VAGABUNDOS E AMALDIÇOADOS PRIVATEIROS DE CAMPANHAS!

E o PSDB é contra ou é a favor?
E a Globo/Veja é contra ou é favor?
E os FINANCIADORES NARCOTRAFICANTES DAS CAMPANHAS são contra ou são a favor?

leonardo-pe disse...

a Globo/Veja são FAVORAVEIS ao financiamento privado. sobre o Beto Richa, todo mês o seu governo paga e muito bem a"imprensa paranaense"!

lucia Ramos Moreira disse...

Ajude a acabar com todos os mensalões, H. Pires, fazendo como eu e não votar NUNCA no PT.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS