sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

2013 - O ANO EM QUE A TV GLOBO FOI DEFENESTRADA NAS RUAS

O POVO CONTRA A REDE GLOBO


Os programas jornalístico da emissora do PLIM-PLIM fizeram questão de não noticiar, os colunistas / jornalistas de O GLOBO passaram batidos e não colocaram em seus  artigos / reportagens, nenhuma linha falando sobre as manifestações de rua contra a REDE GLOBO. 


Tentaram colocar em prática a "velha máxima" de que: "'Se não foi notícia na Globo, então não aconteceu." O fato é que os tempos são outros, e hoje, a INTERNET INDEPENDENTE MOSTRA O OUTRO LADO DOS ACONTECIMENTOS. A "verdade" e a versão que a REDE GLOBO e a MÍDIA conservadora tentam impor ao povo brasileiro, já não encontra mais a mesma aceitação. Ficou muito mais difícil de manipular a opinião pública. DURANTE AS MANIFESTAÇÕES do meio do ano, muitos foras as reivindicações dos cidadãos, uma delas, a de que a MÍDIA seja democratizada. Nenhuma empresa de comunicação foi alvo de tantos protestos como a GLOBO. 

A PRESSÃO FOI TANTA QUE ELES TIVERAM QUE ADMITIR seu apoio e conivência com o GOLPE MILITAR de 1964. Os jornalistas / repórteres da emissora tiveram que se esconder no alto dos edifícios para poder cobrir com segurança as manifestações. De início, a linha adotada pela emissora foi a de apoiar os protestos. Houve até um colunistas que BATEU PALMAS quando uma bandeira do PT foi queimada e simpatizantes do partido foram agredidos. Depois a coisa virou e a linha editorial da emissora e do jornal da família Marinho passou a chamar os manifestantes de VÂNDALOS.

Mais uma vez o povo brasileiro mostrou que não é BOBO, e gritou em ALTO E BOM SOM: ABAIXO A REDE GLOBO !






ATÉ HOJE A FAMÍLIA MARINHO DEVE ALGUMAS EXPLICAÇÕES AO POVO BRASILEIRO. CHEGARÁ O DIA EM QUE ISSO NÃO PODERÁ MAIS SER EVITADO


<.>





5 comentários:

lucia Ramos Moreira disse...

Sr. Bond,
como então o senhor me explica seu post de dias atrás afirmando categoricamente que os colunistas da Globo torcem por essas manifestações?

O Sr. mais uma vez cai em contradições.

H.Pires disse...

ANTES DAS MANIFESTAÇÕES DE JUNHO/JULHO, EMPREGADA CAPACHO PADRÃO DA GLOBO, JÁ TORCIA POR QUALQUER MANIFESTAÇÃO CONTRA O GOVERNO. MAS, ........... SIFU!

VERUSKA DONATO NO FEICEBUQUI

"..Dêem licença, mas eu preciso desabafar. Hoje(*) fui cobrir o protesto contra a corrupção na Paulista. Fiquei orgulhosa de um movimento nascido na sociedade e para a sociedade, mas infelizmente eu e minha equipe fomos duramente atacados por várias pessoas que ali estavam. Qual o propósito? Ofender a empresa onde eu trabalho atacando meu trabalho?...".

..............

Na volta 1 - Quando as coxinha da globo assanha as PIRANHA ABOCANHA!
Na volta 2 - Walter Fanganiello Maierovitch digamos assim, prestou, na época, total e irrestrito apoio a coxinha Veruska.
Digamos também assim, um apoiador de coxinhas Veruskianas. Né não MaieroVIXE?
Na volta 3 - "Já está escrito, já está previsto
Por todas as videntes, pelas cartomantes
Tá tudo nas cartas, em todas as estrelas
No jogo dos búzios e nas profecias"..., 2014 É ANO DE "RECOLHE TEMPESTADES" PARA A GLOBO. AMEM!

(*) faltou anotar a data. Porém, como já dito, foi antes das manifestações.

BONDeblog S. O. disse...

Senhora Lucia

Não há contradição alguma. No meu post eu reproduzi o que os colunistas de O Globo disseram para a coluna do Ancelmo. Eles textualmente dizem que torcem por manifestações "ROBUSTAS" durante a Copa.

Quando as manifestações começaram, o Merval escreveu que, muito acertadamente os Petistas foram expulsos das manifestações.

A Globo escondeu todas as manifestações em que foi objeto de críticas. Eles querem - torcem - por manifestações que possam de alguma maneira afetar o governo federal. Quanto a ela, REDE GLOBO, não dirá nada no que for lhe endereçado de crítica.

H.P. disse...

RELEMBRANDO.

CPI que investigou as ligações entre a Rede Globo e o Grupo Time-Life).

“As empresas jornalísticas sofreram, mais talvez do que quaisquer outras, certas
injunções, como depressões políticas, acontecimentos militares”. Os prognósticos
que estamos fazendo na TV Globo dependem muito da normalidade, da
tranqüilidade da vida brasileira. Esses planos podem ser profundamente alterados,
se houver um imprevisto qualquer ou advir uma situação que não esteja dentro dos
esquemas traçados, como se vê nas operações de guerra "".
(Palavras de Roberto Marinho, diretor-presidente das organizações Globo, em 20 de
abril de 1966, depondo na Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou as
ligações entre da Rede Globo e o Grupo Time-Life).
“E esta é uma guerra - não é uma guerra quente, mas um episódio da guerra fria”.
Entretanto, se perdemos neste episódio, o Brasil deixará de ser um país
independente para virar uma colônia, um protetorado. Como todos sabem, é muito mais fácil, muito
mais cômodo e muito mais barato, pois não exigem derramamento de sangue, controlar a
opinião pública através dos seus órgãos de divulgação, do que construir bases
militares ou financiar tropas de ocupação"".
(Palavras de João Calmon, diretor dos Diários Associados),
(Deputado federal e presidente da Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e
Televisão, em 13 de abril de 1966, depondo na Comissão Parlamentar de Inquérito
que investigou as ligações entre a Rede Globo e o Grupo Time-Life)...".

Anônimo disse...

PARA A GLOBO A CULPA DE SEUS FRACASSOS SEMPRE FOI E SERÁ DOS SEUS EMPREGADOS.
A DIREITA É ASSIM DESDE A ESCRAVIDÃO. DEU ERRADO, DESCE A CHIBATA NOS ESCRAVOS.

Folha de são paulo(28/12/2013):
"Globo culpa elenco inexperiente por fracasso de novela"

"Além do Horizonte" está servindo de exemplo na Globo para pedir aos diretores e autores mais cuidado com a escalação do elenco.

Há o diagnóstico na rede que um elenco mais experiente poderia ter ajudado a trama das 19h a decolar...".

A informação é da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha deste sábado (28).

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS