quarta-feira, 6 de novembro de 2013

MODELOS NEGRAS EM DESFILE DO FASHION RIO - JUSTIÇA INTERVÉM PARA GARANTIR A PRESENÇA ÍNFIMA DE 10% DELAS

UMA VERGONHA !


Aliás, é uma vergonha como os negros e negras estão alijados dos comerciais de TV por exemplo. Basta dar uma olhada para ver que só há praticamente personagens BRANCOS nos anúncios. É bom lembrar que a população brasileira possui em sua composição o percentual de 50% de negros.

Defensoria Pública firma compromisso para participação de modelos negras no Fashion Rio
Akemi Nitahara - Agência Brasil - 05.11.2013

Rio de Janeiro – As grifes que participam do Fashion Rio, que começa amanhã (hoje - 06/11) no Píer Mauá, na capital fluminense, serão recomendadas a incluir no mínimo 10% de modelos negras nos desfiles. O compromisso foi firmado hoje (5) entre a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPE-RJ) e a empresa Luminosidade Marketing & Produções, responsável pela organização do evento.

De acordo com a defensora pública Larissa Davidovich, organizações ligadas à luta pela igualdade racial denunciaram a discriminação no evento de moda. “O que a gente ouviu por parte dessas entidades associativas foi que as modelos afrodescendentes estavam sendo excluídas. Haveria uma diminuição muito grande na participação dessas modelos negras nesses eventos, principalmente organizados pela empresa Luminosidade”, disse.

Larissa lembra que, até o ano passado, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado em São Paulo, estabelecia a participação de pelo menos 10% de modelos negras no São Paulo Fashion Week, organizado pela mesma empresa do Fashion Rio.

Após mais de duas horas de reunião, na DPE-RJ, ficou acertado que a organizadora do evento recomendará às grifes participantes que mantenham a cota de, no mínimo, 10% de modelos negras nos desfiles. Larissa informou que foi firmado um termo de compromisso, devido à falta de tempo hábil para a assinatura de um TAC antes do evento.

A defensora pública disse ainda que um TAC será firmado este ano, após a negociação dos termos. Ela ressaltou, no entanto, que é preciso avançar mais na participação de modelos negras nos eventos de moda. “Isso não basta, esse TAC ainda é muito pouco, é tímido, é uma participação quase insignificante, consideramos esse percentual de 10% ainda muito baixo, diante da representatividade da população negra na sociedade, principalmente no Brasil”, declarou.

Além do compromisso e do TAC, a empresa Luminosidade se comprometeu a pedir que as grifes informem o número de modelos que trabalharam no evento, com os nomes e a declaração de raça e cor de cada uma. Apesar de não haver penalidade para o descumprimento do compromisso, a defensoria vai fiscalizar os desfiles para verificar a participação das modelos negras no evento que vai até domingo (10).

O diretor do grupo Palco dos Mil Sonhos, Leônidas Lopes, informou que a regra também era adotada no Rio de Janeiro, mas nenhuma modelo negra ligada à entidade, que tem em seu catálogo mais de 400 modelos negras, sendo pelo menos 40 com registro profissional, foi chamada para a seleção deste ano.

A modelo Bianca Lima, de 27 anos, vencedora do concurso estadual de Beleza Negra, disse ser comum dispensarem as modelos negras, com a justificativa de que “não se enquadram no perfil”. “Eu não tenho perfil para o Fashion Week porque tem que ter, no mínimo, 1 metro e 74 centímetros de altura. Elas são selecionadas com uma semana de antecedência. As grifes chamam as agências e as agências selecionam algumas modelos. Essas modelos vão fazer a prova de roupa, teste de maquiagem, e aí sim aguardam para serem chamadas. Na maioria das seleções as negras são preteridas. Grande parte das grifes não chama as negras. Mas eu acredito que com o TAC possa mudar isso”, ressaltou.

Edição: Aécio Amado

4 comentários:

H.P. disse...

Esses europasdecendentes, antigamente conhecidos como Brancos, que dominam nossa sociedade, tem que entender que, todos nós, temos os mesmos direitos.
Ou seja, tanto os europasdescendentes(outrora brancos), como os afrodescendentes(outrora negros), como os jardinsdescendentes(outrora ricos), como os comunidadesdescendentes(outrora favelados), como os maisoumenosdescendentes(outrora mais ou menos ricos - classe média), como os pobresdescendentes(antigamente pobres mesmo), TEM OS MESMOS DIREITOS e, tem que ter Lei mesmo para garantir isso a todos.
É isso que um loucodescendente(outrora doido mesmo) acha.
Deus do céu, ACHA SACO mesmo.

Anônimo disse...

Faltou uma coisa:

E os asiaticosdescendentes?

Como ficam?

E os orientesmédiosdescendentes?

H.P. disse...

Sr. Bond, nada a ver com a matéria postada. É que esse tal de "algumacoisadescendente" a nosso ver, com todo respeito a quem pensa diferente, é complicado.
Com todas as vênias de praxe, agradeço.

Mais outra coisa.

Ainda que não tenha o "cojunto da obra", devem ser belas mulheres!

Forte abraço.

WorldModel Agency Model Agentur disse...

Assunto: Protesto Rio Fashion Week

Olá, sou moreno de origem negra , de São Paulo e fui modelo internacional durante 25 anos e hoje tenho minha agencia de modelo aqui na Suiça e ai no Brasil.

Uma pena isto no Brasil, aqui na Europa somos muito respeitados e valorizados.

Em 1996 iniciei ai no Brasil outro assunto polemico, as modelos Plus Size e em 2012 fizemos o primeiro Miss Brasil Plus Size em São Paulo ai no bairro da Lapa.

Fico a disposição para levarmos este assunto à opiniao Publica.

Abraços
Flamir Da Silva
www.worldmodel.com.br

Skype: flamirworldmodel
Tel. 0043 660 1681669
.
.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS