domingo, 10 de novembro de 2013

JOSÉ DIRCEU REAFIRMA A SUA INOCÊNCIA E A DE JOSÉ GENOÍNO


'O Brasil sabe que sou inocente', diz Dirceu


Ex-ministro condenado no julgamento do mensalão comentou sobre defesa de réus depois de votar nas eleições internas do PT

O ex-ministro José Dirceu disse neste domingo, 10, após votar no Processo de Eleição Direta (PED) do PT, que o Brasil sabe de sua inocência no processo do mensalão.

Ele é apontado como chefe do esquema de compra de apoio político no Congresso e desvio de dinheiro público no governo Lula, que veio à tona em 2005.

O ex-ministro foi condenado a dez anos e dez meses de prisão por corrupção ativa e formação de quadrilha.

"O Brasil sabe que eu sou inocente e eu espero que o Supremo faça justiça", afirmou Dirceu ao Estado, depois de votar no diretório zonal do PT na Vila Mariana, zona sul de São Paulo.

O julgamento do processo será retomado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na próxima quarta-feira, 13. A Corte deve julgar os embargos de declaração de dez condenados por envolvimento no esquema. Se os recursos forem rejeitados pelos ministros, o STF pode determinar a execução imediata das penas de alguns dos réus.

Dirceu ainda endossou a petição apresentada pela defesa do ex-presidente do PT José Genoino ao STF na última sexta-feira. Também no banco dos réus no caso do mensalão, Genoino foi condenado a 6 anos e 11 meses pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha.

"Assino embaixo as palavras do Genoino na defesa dele. Como ele disse: que se faça justiça inclusive com relação ao mérito. Nós fomos condenados no mérito, não é só uma questão de redução de pena. E sendo inocentes", disse o ex-ministro.

Na petição entregue ao STF, advogados de Genoino afirmaram que petista não merece ser tratado como "bandoleiro" e dizem que o deputado não aceita a condenação pelo STF e "brigará, hoje e até o fim de sua existência", por sua inocência.

3 comentários:

José Antônio disse...

Como todo o mundo que dá valor à justiça, acredito que esta deva ser isenta e ter a força para condenar a quem deva ser condenado e absolver a quem deva ser absolvido.

Mais ainda, no caso de condenações, as penas devem ser proporcionais aos eventuais delitos cometidos.

Tal com a mulher de Cesar, a justiça não apenas deve ser imparcial, mas deve também parecer imparcial.

Até o presente momento, a justiça, infelizmente, tem se mostrado extremamente parcial e vulnerável às inúmeras pressões exercidas por interessados em ver os réus humilhados pelo simples exercício da atividade política.

Não tenho simpatias por José Dirceu e até acredito que ele tenha, sim, algum tipo de culpa, mas acho que ele foi escolhido como bode expiatório por quem entende que a justiça deve ser aplicada como vingança aos seus desafetos. Seus possíveis crimes são incompatíveis com as penas a ele prescritas.

Quanto a José Genoíno, ele até poderá ser condenado. Mas a acusação de corrupção não cola. A acusação baseia-se somente pelo fato de José Genoíno, na época, ser o Presidente do PT.

Portanto, vejo a condenação não ser dirigida ao indivíduo José Genoíno, mas sim ao presidente em exercício de um partido político. Partido este que, sem dúvida, no exercício do governo, alterou as prioridades, mostrando que é sim, possível de distribuir a renda ao mesmo tempo que faz o bolo crescer.

E isso, só não vê quem não quer, tem sido causa de uma reação histérica dos herdeiros da Casa Grande. Herdeiros estes que se achavam donos do Brasil e que não suportam ver aqueles, que ainda há pouco estavam na senzala, dividindo, e em pé de igualdade, os frutos do trabalho em nossa terra.

Que seja feita justiça, sim, e não linchamentos nem justiciamentos.

A história não perdoará os que agirem de outro modo.




lucia Ramos Moreira disse...

Fico imaginando se o Dirceu iria dizer outra coisa. ...

A grande verdade é que metade do Brasil SABE QUE ELE É CULPADO, a outra metade nem sabe dos seus crimes.

As provas estão todas lá, só não vê quem não quer ou enxerga as coisas pelos óculos do PT.

José Antônio disse...

Construtoras pagavam mesada para quadrilha do ISS por tratamento vip

"Propina mensal garantia atendimento premium de auditores a grandes empreendedores, diz testemunha; em ano de eleições, volume pago a servidores da Prefeitura de São Paulo aumentava e bando agiu livremente entre 2006 e 2012.

O depoimento da "Testemunha X1" foi colhido pelo promotor Roberto Victor Anelli Bodini na tarde do dia 14 de agosto. Trata-se de um construtor de imóveis, no mercado há pelo menos 20 anos. Ele afirma que a quadrilha focava nos grandes empreendimentos. "Quando um particular construía um pequeno sobrado não era assediado pelos fiscais e simplesmente tinha de esperar o prazo necessário para a regularização", disse a testemunha em depoimento ao MPE.

Ele não cita o valor mensal do pagamento. Quando assinou acordo de delação premiada, o fiscal Luis Alexandre Cardoso Magalhães afirmou à promotoria que cada fiscal conseguia tirar até R$ 70 mil por semana trabalhando na liberação dos imóveis na capital.
"

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,construtoras-pagavam-mesada-para-quadrilha-do-iss-por-tratamento-vip,1095360,0.htm

Pelo padrão de vida, de gastos em restaurantes, jóias e de casas e mansões adquiridas, estes valores parecem ser muito pequenos. Certamente, há muito mais e que ainda não apareceu.

Comparem com a vida modesta e a casinha onde mora José Genoíno, há anos.

E o Genoíno é que deve ir em cana para a turba sedenta de sangue babar de alegria!

E o Genoíno é que é o corrupto?

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS