terça-feira, 26 de novembro de 2013

BANCO CENTRAL E A SELIC EM UM DÍGITO - ENTRE O INTERESSE DO BRASIL E A GANÂNCIA DA BANCA

É IMPORTANTE ATÉ PELO FATOR "PSICOLÓGICO" DEIXAR A SELIC ABAIXO DOS 10%


Não há nada que justifique o Banco Central efetuar novo aumento da TAXA SELIC em 0,5 p/p - elevando a Taxa para a casa dos dois dígitos (10%) conforme a BANCA alardeia que fará na última reunião do COPOM em 2013. O efeito da elevação da SELIC/JUROS que o BC promoveu nas últimas reuniões, ainda está fazendo efeito, e já teve como um princípio de resultado a reversão da trajetória da inflação. É necessário esperar para ver se nessa dose de 9,75%, pode a economia se equilibrar entre CRESCER e manter a INFLAÇÃO dentro da META e convergindo para o CENTRO de 4,5% ao ano.

Fala-se muito em AUTONOMIA do Banco Central, mas, no momento, quem pressiona e quem tenta impor aumento desnecessário e DANOSO da SELIC é a BANCA, apoiada como sempre pelos seus mais ferrenhos apoiadores, os ECONOMISTAS de AQUÁRIO.

Copom inicia última reunião do ano
26/11/2013 -
Stênio Ribeiro - 
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) inicia hoje (26) à tarde a última reunião de 2013 para discutir se mantém o processo de ajuste da política monetária, iniciado em abril último, quando a taxa básica de juros (Selic) estava em 7,25% ao ano. De lá para cá, o índice foi elevado para 9,50%.

Foram cinco reajustes seguidos, e se depender da expectativa dos analistas de instituições financeiras, apresentada no boletim Focus divulgado ontem (25) pelo BC, a tendência é o Copom ajustar a política monetária em mais 0,5 ponto percentual. O índice será anunciado amanhã (27) quando terminar a segunda fase da reunião.

As reuniões do Copom ocorrem em intervalos de 45 dias, sempre em duas etapas, para fixar a taxa média dos financiamentos diários dos títulos federais depositados no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic). Por extensão, a taxa básica de juros é conhecida também como taxa Selic.

Hoje, os chefes de departamentos do BC analisam a conjuntura doméstica sobre as variáveis macroeconômicas, com foco na avaliação das tendências de inflação. Amanhã, os diretores de Política Monetária e de Política Econômica apresentam alternativas de taxa de juros de curto prazo para deliberação dos demais diretores. Só o colegiado de diretores tem direito a voto.

Edição: Graça Adjuto
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil

2 comentários:

José Antônio disse...


Bond,

considero legítimas as manifestações e a indignação que perpassa a opinião pública de que os poderosos jamais vão parar na cadeia.

Eu pergunto:

Quando os banqueiros, sanguessugas das economias populares irão parar na cadeia? Em particular, aquele que recebeu 2 habeas corpus seguidos de um juiz do Supremo.

Quando que os juízes que já demonstraram parcialidade em seus julgamentos, escondendo e omitindo processo ou fazendo outros passarem a frente irão parar na cadeia?

Quando que grandes proprietários de meios de comunicação, principalmente aqueles que se beneficiaram com vastas somas provenientes da viúva, durante a ditadura, irão parar na cadeia?

Queremos os poderosos de verdade na cadeia.

Não os "poderosos" fakes e chinfrins, que servem apenas como cortina de fumaça para deixar tudo como está e como sempre esteve.

José Antônio disse...

Bond,

Saindo do tópico e indo para o acordo entre as grandes potências e o Irã, encontrei, hoje na Folha, artigo do Clóvis Rossi, mostrando que o acordo feito por Lula com o Irã em 2010, teria sido bem mais vantajoso, para todas as partes do que este atual, com a vantagem que teria sido obtido 3 anos antes.

O acordo Lula/Irã era melhor

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/clovisrossi/2013/11/1376560-o-acordo-lulaira-era-melhor.shtml

Quando o Lula se encontrou com o Khadafi, se encontrou com um ditador, quando o SSarkozy e, logo depois o Obama se encontraram com o mesmo, trata-se da "Grande Política Internacional".

Ponto para o Lula!

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS