quinta-feira, 3 de outubro de 2013

JOAQUIM BARBOSA TENTA VINGANÇA CONTRA O "ESTADÃO" - A MULHER DO REPÓRTER


Ser casada com um repórter do Jornal O Estado de São Paulo, é o motivo alegado pelo ministro Joaquim Barbosa para que ela deixe o cargo que ocupa no STF. Vale dizer que a servidora é concursada, cedida pelo TJ-DF, e tem ligação com o SUPREMO desde 2000, quando ali entrou através de concurso público. O problema é que o Estadão tem sido uma pedra no sapato de Barbosa, e que o marido da servidora é, nada menos que o repórter Felipe Recondo., com o quem o presidente se estranhou, tendo lhe dirigido vários impropérios. 

Barbosa pede que mulher de repórter deixe cargo no STF
03 de outubro de 2013 - 
O Estado de S.Paulo

BRASÍLIA - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, encaminhou ofício ao vice-presidente da Corte, Ricardo Lewandowski, pedindo que este reconsiderasse a decisão de manter em seu gabinete uma servidora que atua no tribunal desde o ano 2000. 


Adriana Leineker Costa é funcionária efetiva do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e está cedida ao STF. Ela é mulher do jornalista Felipe Recondo, repórter do Estado, que cobre poder Judiciário. Lewandowski disse que não vai reconsiderar a decisão de manter a servidora.

No ofício, o presidente do STF afirma que a manutenção de Adriana seria "antiética" pela relação dela com o jornalista. O ofício não cita o repórter do Estado, sustenta que a permanência da funcionária poderia "gerar desequilíbrio" na relação entre jornalistas que cobrem a Corte.

Felipe Recondo 

Em março deste ano, Barbosa o chamou de "palhaço" e o mandou "chafurdar no lixo". A agressão ocorreu após o Estado requerer, via Lei de Acesso à Informação, dados sobre despesas com recursos públicos de ministros da Corte com passagens aéreas, reformas de apartamentos funcionais, gastos com saúde, entre outras. 

Formada em Direito pelo Centro Universitário de Brasília, Adriana atua no STF desde 2000, quando foi aprovada em concurso de nível médio. Em 2011 foi aprovada em concurso de nível superior do TJ-DF e cedida para continuar trabalhando no STF. A cessão vence neste ano e um ofício do vice-presidente ao TJ-DF pedindo a renovação motivou a reação de Barbosa. Adriana atuou no gabinete de Carlos Velloso até 2006, quando este se aposentou, passando, então, a trabalhar com Lewandowski. 
Em resposta ao Estado, por meio de sua assessoria, Lewandowski afirmou não ter sido registrado ao longo dos anos de atuação da servidora nenhum episódio relativo a sua relação com o jornalista que tenha interferido no trabalho. Disse que vai manter a servidora em seu gabinete e que não vê motivo justificável para o ofício do presidente da Corte.


Um comentário:

H.P. disse...

Aquela que ENDEUSOU o Min. Joaquim, HOJE SANGRA.

NOTICIAS DO FRONT!

São ÓTIMAS. A INIMIGA DE NOSSA PÁTRIA E DA HUMANIDADE, AS ORGANIZAÇÕES GLOBO, ESTÃO PERDENDO QUASE METADE DE SEUS MERCENÁRIOS

KEILA JIMENEZ(Folha de S.Paulo)

"...A Globo foi a única emissora que perdeu audiência em setembro na medição nacional do Ibope, com relação a setembro de 2012.

A emissora encerrou o mês com média diária (das 7h à meia-noite) de 15,9 pontos, ante 16,9 pontos do mesmo período no ano anterior. A emissora sofreu uma queda de 6% em sua audiência....".

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS