terça-feira, 1 de outubro de 2013

ESTATUTO DO IDOSO COMPLETA DEZ ANOS - RESPEITO, ATENÇÃO E CARINHO AINDA ESTÃO EM FALTA

VOCÊ, AO MENOS HOJE, BEIJOU E ABRAÇOU OS SEUS "CORÔAS" ?


As Leis podem muito, mas, não podem tudo. Um estatuto pode assegurar direitos, pode obrigar que sejam dispensados cuidados, pode obrigar ao custeio do remédio, do alimento, mas...falta ainda desenvolver aquele respeito, aquele reconhecimento, por tudo que nossos 'velhos' ou idosos, para ser politicamente correto, fizeram e ainda fazem pela família, pelo país e pela nossa sociedade como um todo. Falta a compreensão e a tolerância dos mais jovens e ativos, para com o 'tempo' diferente e redução da capacidade de atuar com agilidade.

Falta educação ou reeducação. Falta acima de tudo, visão de futuro, pois, a forma como os mais jovens tratam os mais velhos hoje, será a mesma, se não ainda pior, a forma como serão tratados no futuro, quando eles forem os idosos.

Como dizia minha mãe: "quem jovem não morre, de ficar velho não escapa".

O ESTATUTO do Idoso é um avanço, uma conquista, mas, certamente muitos dos idosos trocariam certas isenções e garantias, por um abraço, um beijo um minuto de atenção.

Idosos vivem melhor dez anos depois de promulgação de estatuto
Thais Leitão
Repórter da Agência Brasil

Brasília - A aposentada goiana Ilda Maria do Carmo é daquelas que acreditam que o avanço da idade não está necessariamente associado à diminuição da disposição, por exemplo, para atividades físicas e culturais. Aos 68 anos, ela aproveita o tempo livre para ir à academia, onde, três vezes por semana, caminha na esteira e faz musculação.

Para manter o cérebro ativo, Ilda lê revistas semanais, livros de temas variados e costuma ir a feiras de artesanato, cinemas e espetáculos musicais. Para fazer todos esses gastos caberem no orçamento doméstico, ela usa alguns dos benefícios previstos no Estatuto do Idoso, que completa dez anos hoje (1º), como a meia-entrada em teatros, cinemas e eventos culturais. Para Ilda, a facilidade estimula essa parcela da população a ter uma vida mais prazerosa.

"É bom porque a gente já tem que gastar tanto com remédios, que facilita um pouco para ter uma vida mais movimentada e até agradável. Em geral, eu fico sozinha em casa, porque minha filha sai para trabalhar, então tenho que encontrar atividades para ocupar o corpo e a mente", contou. "Muita gente fica admirada, mas eu digo que é importante. Enquanto eu puder, vou me movimentar bastante", acrescentou.

Leia a íntegra da matéria da Agência Brasil + Fotos - AQUI

2 comentários:

Lucia Ramos Moreira disse...

Sistema de saúde no Brasil fica em último lugar no ranking mundial, é o que diz o portal R7 do Bispo Macedo, aliado do PT.

http://noticias.r7.com/saude/sistema-de-saude-brasileiro-fica-em-ultimo-lugar-em-ranking-mundialnbsp-31082013

Idosos são as maiores vítimas.

BONDeblog S. O. disse...

Senhora Lucia

Não li a matéria, mas...

último colocado no mundo ?

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS