quarta-feira, 2 de outubro de 2013

CHACINA DE UNAÍ - MANDANTES CONTINUAM IMPUNES - JULGAMENTO É ADIADO


FOTO DA QUADRILHA DE UNAÍ

Uma manobra protelatória que foi acolhida pelo STF através do Ministro Marco Aurélio Mello, adiou o julgamento de NORBERTO MÂNICA, um dos acusados de ser mandante dos funcionários do Ministério do Trabalho em Unaí -MG - no longínquo ano de 2004. Quase dez anos depois, os executores do sórdido e cruel assassinato foram condenados, mas, os mandantes continuam sem julgamento e, portanto, impunes. A celeuma da vez é onde será o julgamento. A defesa quer que ele ocorra em UNAÍ, região onde o acusado tem influência e pode exercer algum tipo de pressão e intimidação sobre o JURI. 

Espera-se que o ministro Dias Toffoli não demore para fazer a sua "vista" do processo, que o julgamento seja realizado (Em Belo Horizonte) e que o Brasil vire essa página vergonhosa de sua história. Que Justiça é essa que leva DEZ anos para julgar o Mensalão do PT/BASE, DEZ anos para julgar uma CHACINA de servidores federais, e em QUINZE ANOS não conseguiu julgar o MENSALÃO do PSDB ?


STF adia decisão sobre julgamento de acusado de ser mandante da Chacina de Unaí




André Richter - Agência Brasil - 

Brasília – O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu vista do processo que adiou julgamento do fazendeiro Norberto Mânica, acusado de ser um dos mandantes do assassinato de três auditores fiscais e de um motorista do Ministério do Trabalho. O crime ocorreu em 28 de janeiro de 2004, na cidade de Unaí (MG), e ficou conhecido como Chacina de Unaí.


No dia 16 de setembro, o ministro Marco Aurélio decidiu adiar o júri até que o Supremo analise um pedido feito pela defesa de Mânica a fim de transferir o julgamento para a Justiça Federal em Unaí, onde o crime ocorreu. O julgamento estava previsto para o dia 17 de setembro, em Belo Horizonte.

O processo voltou a ser analisado na sessão de hoje (1º) da Primeira Turma do STF, e o julgamento foi suspenso por um pedido de vista do ministro Dias Toffoli. Apenas dois ministros votaram. Marco Aurélio determinou que o processo seja julgado pela comarca federal de Patos de Minas (MG), jurisdição responsável pela região de Unaí. A ministra Rosa Weber votou pela manutenção do processo em Belo Horizonte.

No dia 31 de agosto, a Justiça Federal em Belo Horizonte condenou três réus acusados de participação no assassinato. Erinaldo de Vasconcelos Silva, Rogério Alan Rocha Rios e William Gomes de Miranda foram condenados por homicídio triplamente qualificado e formação de quadrilha. A maior pena foi para Rios: 94 anos de reclusão em regime fechado.



Edição: Aécio Amado

3 comentários:

H.P. disse...

ORGANIZAÇÕES GLOBO o que voces tem a dizer sobre a matéria aqui em tela? Sobre essa QUADRILHA ASSASSINA DE UNAÍ? Nada? Sobre esse ASSASSINATO, NADA? Aonde esta a indignação de voces? Sumiu?
Organizações Globo, VOCES AGRIDEM DIARIAMENTE A SOCIEDADE. Voces BRUTALMENTE, pelas suas convicções de DIREITISTAS CAPITALISTAS, AJUDAM A MATAR/ASSASSINAR DEZENAS E DEZENAS DE CRIANÇAS/IDOSOS DE FOME E POR FALTA DE ATENDIMENTO MÉDICO, TODOS OS DIAS. VOCES SÃO UMA BRUTAL EXCRECÊNCIA SOCIAL. VOCES SÃO DEGENERADOS.
No entanto, E MAIS UMA VEZ(é sempre igual) VOCES ATACAM, CONTORCEM E DISTORCEM, CRIMINALIZANDO UMA CLASSE TÃO AGREDIDA QUANTO A DOS PROFESSORES, LARGADOS E DESRESPEITADOS PELOS ORGÃOS PÚBLICOS.
Voces não valem nada. Voces são o lixo do lixo.
E colocam essa IMUNDA NOTÍCIA:

"O Globo
BRASÍLIA - A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) repudiaram as agressões feitas por manifestantes, nesta terça-feira, contra a jornalista Marcela Lemos, da “Rádio CBN”, em protesto de professores grevistas em frente a Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro.
“É extremamente preocupante que atitudes antidemocráticas como as observadas nesta tarde partam de uma categoria profissional cuja responsabilidade é educar as novas gerações”...".

Anônimo disse...

HOJE LÁ NO ESTADÃO(aqui esta resumida).

MIN. JOAQUIM BRABOSA(ele é bravo) PERSEGUE FUNCIONÁRIA.

"..Adriana Leineker Costa, funcionária do TJDF(ela é concursada) e mulher do reporter Felipe Recondo(cobriu o julgamento do MENTIRÃO) do Estadão que, em março/2013, Min. Joaquim Barbosa chamou de PALHAÇO e o MANDOU CHAFURDAR NO LIXO, provavelmente SERÁ DEMITIDA, POR SER MULHER DO JORNALISTA RECONDO, DO GABINETE DO MIN. RICARDO LEWANDOWSKI.
Tal "solicitação/imposição" foi feita por Min. Joaquim Brabosa ao Min. Lewandowski.
Em resposta ao Min. BRABOSA, Min. Lewandowski diz que não irá fazer isso.

José Antônio disse...

Joaquim Barbosa, parece ser o mais novo adepto do "Prendo e Arrebento".

O ídolo daqueles que gostam de uma ditadura.

O ídolo, também, daqueles que adoram levar paulada no lombo.

Uma sociedade que viveu 21 anos em uma ditadura militar precisa de várias gerações para se civilizar e aprender a aceitar as diferenças. Principalmente, as de opinião.

Muita gente, ainda, tem o viés autoritário. Gosta de mandar e de ser mandado.

Perdemos 21 anos valiosíssimos que poderiam ter servido para educar nossa sociedade.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS